A evolução dos vestidos de noiva da família real britânica – CLAUDIA

20

Os modelos usados pela realeza sempre acabam inspirando mulheres e estilistas ao redor do mundo

Por
Da Redação

access_time

17 maio 2018, 17h01

Os memoráveis vestidos de noiva usados pela família real britânica nem sempre tiveram a mesma modelagem, mas inspiraram estilistas e futuras noivas no mundo inteiro. Rendas e mangas compridas são alguns dos itens que não podem faltar nos vestidos da realeza. Porém, ao longo das gerações, eles passaram por uma releitura fashion.

PConfira quais foram as mudanças nos vestidos de noiva da família real:

Rainha Victoria

Em 1840, Victoria escolheu se casar com um vestido de renda branco com o príncipe Albert. A opção provocou um impacto no mundo da moda, já que a cor branca em vestidos de noiva não era comum na época – veio dela a tradição. 

Os detalhes do vestido foram inspirados em flores de laranjeira para representar a “pureza” da noiva e a cor clara foi selecionada para realçar as rendas feitas a mão de seu vestido. 

Ela ainda impôs à todos os outros que não usassem a mesma cor, tornando o branco uma exclusividade da noiva. Victoria escolheu o tom exatamente porque fugia de todos os padrões.

Veja mais: Como a rainha Victoria influencia os casamentos até hoje

Rainha Elizabeth II

Com um véu de, aproximadamente, 4,5 metros e um vestido de cor crème, Elizabeth II se casou com o príncipe Philip em 1947. 

O vestido foi feito inteiramente de seda marfim e decorado com 10.000 sementes de pérolas. Quem foi o responsável pela criação dele foi o estilista Norman Hartnell, que se inspirou na obra de Sandro Botticelli, chamada “Primavera”, para criar a roupa.

 (Reprodução @royal_collection_trust/Instagram)

Lady Di

O icônico vestido de noiva da princesa Diana só foi revelado no dia da sua cerimônia com o príncipe Charles, em 1981.

Ele foi modelado com muita renda nas bordas e seda. Como ícone fashion principal, as mangas bufantes marcaram presença no seu visual.

Lady Di também não poupou tecido para a cauda do seu vestido, mas a sutileza dos detalhes da roupa trouxe modernidade ao visual.

 (Reprodução @theroyalfamily/)

Kate Middleton

Para seu casamento com o príncipe William, em 2011, Kate optou por um vestido moderno e estruturado ao seu corpo. 

O look era composto por um corpete marfim com decote em “v” bordado em renda e o vestido possuía mangas longas feitas de renda também. Muitos disseram que a inspiração teria sido o modelo usado por Grace Kelly ao se casar com o príncipe Rainier III de Mônaco em 1956.

 (Pascal Le Segretain / Staff/Getty Images)

Veja também: Quem são as damas e os pajens do casamento de Meghan e Harry

11 privilégios que só a rainha Elizabeth II tem

Fonte oficial: CLAUDIA

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários