Advogado que atuou nos divórcios de Trump e Mick Jagger vai lançar livros de memórias sobre a carreira – Notas – Glamurama

7

Donald Trump e Jay Goldberg || Créditos: Getty Images/Reprodução

O que figuras tão distintas entre si como Bob Kennedy, Miles Davis, o bilionário Carl Icahnn, Bono Vox, Mick Jagger e Willie Nelson têm em comum? Em algum momento de suas vidas conjugais, todos contrataram os serviços do advogado americano Jay Goldberg, um especialista em divórcios litigiosos que também representou Donald Trump quando este terminou seus dois primeiros casamentos – respectivamente com Ivana Trump, em 1992, e Marla Mapples, em 1999.

Aos 85 anos e já devidamente aposentado dos tribunais, Goldberg resolveu contar suas experiências em um livro que acaba de ser comprado pela editora Post Hill Press, subsidiária da gigante do mundo editorial Simon & Schuster. Na obra intitulada “The Courtroom Is My Theater” (“A Corte É O Meu Teatro”), ele revela os bastidores de alguns dos casos nos quais atuou e faz revelações sobre certos clientes.

No caso de Trump, no entanto, Goldberg não deverá contar nada que coloque o presidente americano em maus lençóis, já que é amigo dele. No máximo, vai detalhar uma ocasião ou outra em que o republicano deixou à mostra seu famoso temperamento “volátil” nas negociações com as “ex”, algo que considera ser uma virtude. “Ele vivia dando chilique e no fim sempre conseguia o que queria”, relembra o advogado em um trecho liberado para a imprensa. (Por Anderson Antunes)

A capa do livro de Goldberg || Créditos: Divulgação

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários