Ai Weiwei engrossa coro contra censura em São Paulo – GQ

22

O importante artista chinês Ai Weiwei veio a São Paulo divulgar o seu filme “Human Flow – Não Existe Lar se Não Há para Onde Ir”, que abriu a Mostra Internacional de Cinema. Não fugindo do seu histórico de ativista político, o artista plástico deu um jeito de engrossar o coro de “censura nunca mais”, uma reação contra as manifestações contrárias as exposições “Queermuseu” e “La Bête” no Brasil.

Segurando uma placa com o lema da campanha, Weiwei apareceu no Instagram ao lado dos manifestantes, antes de visitar a exposição Histórias da Sexualidade, no Museu de Arte de São Paulo, vetada para menores de 18 anos. Em outra publicação na rede social, ele escreveu: “É muito importante ter uma exposição como essa agora no Brasil.”

Polêmico e provocador, Ai Weiwei vive em briga com o governo chinês, que o acusa de sonegar impostos. A comunidade artística asiática acredita que o processo seja uma retaliação contra as várias denúncias e críticas explícitas em sua obra ao modo de vida no país. Em “Human Flow”, o artista mostra o drama de refugiados em 23 países da Europa.   

 

Fonte Oficial: http://gq.globo.com/Cultura/noticia/2017/10/ai-weiwei-engrossa-coro-contra-censura-em-sao-paulo.html.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários