Após boato Duda Nagle reflete sobre “morte” na web: “nunca tinham me matado” – GQ

10

Duda Nagle (Foto: Divulgação)

Duda Nagle está vivo. E muito bem, obrigado!  O ator, que atualmente vive o boxeador Paixão em A Dona do Pedaço, foi alvo de um boato recente que o “matou”.  Tudo aconteceu após o ator compartilhar uma homenagem de Dia dos Pais falando sobre seu próprio pai, Rogério Marques Campos, morto em um trágico acidente, há 19 anos. Foi o bastante para alguns sites se apropriarem da história de noticiarem a “perda do ator”.

No último domingo, ele postou um vídeo falando sobre o assunto.  “Era para ser um vídeo rápido, só que me empolguei e acabei ficando 30 minutos falando”, disse ele. GQ Brasil encontrou Duda na ponte aérea entre São Paulo, onde mora sua família, e o Rio, onde grava suas cenas da novela, e ele revelou o susto de ter “morrido” na web. “O engraçado é que eu sou ator há 16 anos, mas nunca matei e nunca morri em cena”, diverte-se o ator. Abaixo ele conta como descobriu o engano – algo que ele atribui a notícias “caça-clique”. De quebra, revela como foi a reação da família e de Sabrina Sato, mãe de sua filha, Zoe, ao saber do engano. Confira.

GQ Brasil: Duda, você tá vivo?
Duda Nagle:
[risos] Será? Ou tá rolando uma ligação meio Chico Xavier aqui? [risos]

GQ Brasil: Como foi descobrir que tinham “matado” você na internet?
Duda Nagle:
É a primeira vez que isso acontece comigo, nunca tinham me matado. E o engraçado é que eu sou ator há 16 anos, mas nunca matei e nunca morri em cena. Sempre quis fazer algo de ação, efeitos especiais, até hoje não rolou – no máximo desmaiei, fui nocauteado, esse tipo de coisa. Sobre a notícia, acho que é uma manchete caça clique. Sabendo que as pessoas estão na internet, que vão ler com pressa em uma tela pequena, e aí de repente vê uma foto em preto e branco, com uma mensagem: “Luto! Perda do ator Duda Nagle…”. É engraçado, eu vi que tinha rolado isso porque recebo alertas com meu nome no e-mail, só que no dia seguinte eu fui pegar um voo e do nada eu vejo que uma moça tomou um susto no aeroporto. Aí veio falar comigo, mandou um vídeo em um grupo do WhatsApp falando: “olha, encontrei com ele aqui, ele tá vivo”. Eu nem ia falar nada, só que essa notícia voltou, não sei por quê. E resolvi gravar um vídeo explicando. Era para ser um vídeo rápido, só que me empolguei e acabei ficando 30 minutos falando. Minha mãe sempre diz, “você precisa ter mais poder de síntese, meu filho, começa a falar e se empolga”. [risos]

GQ Brasil: A gente dá risada, mas sabe que isso tem consequências para você também.
Duda Nagle:
Veja, não chega a ser sério. Algumas pessoas, até familiares, chegaram a tomar um susto. E faz todo o sentido que esse tipo de coisa ia acontecer nesses novos tempos da informação rápida, da necessidade do clique. Mas quando acontece com a gente, a gente acaba se aprofundando, né?! Você é convocado a pensar nesse tema, se envolver com ele.


Duda Nagle e os boatos (Foto: Reprodução/Instagram)

GQ Brasil: E como foi a reação da Sabrina quando soube?
Duda Nagle:
Acho que ela soube logo no primeiro dia, porque ela também recebe muita coisa, comentários… não sei dizer exatamente como foi para ela. Sei que ela apoiou depois de meu vídeo publicado, ela assistiu e disse “nossa, você falou muito bem, que bom que você esclareceu”.

GQ Brasil: Já tinha passado por algum outro boato assim? Talvez nada de morte, mas algo que o tenha incomodado, de repente?
Duda Nagle:
Ah sim, já me envolveram em algumas coisas assim. Mas tem essa coisa da manchete, que leva a crer alguma coisa que depois a própria matéria explica. Às vezes pode ser um erro, mas normalmente é mais uma estratégia de chamar atenção.

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários