Aprender um novo idioma na infância pode fazer muito bem a seus filhos – GQ

15

Sabia que até os sete anos de idade seu filho é capaz de aprender e se expressar em qualquer idioma? Pelo menos é o que afirmam especialistas em desenvolvimento infantil. Além deles, pesquisas mostram que o ensino bilíngue pode impactar positivamente as crianças em alguns aspectos cognitivos e os estímulos gerados na primeira infância ajudam a construir a língua falada.

“As crianças submetidas a esse aprendizado tendem a se focar mais nas tarefas e a desenvolver uma atenção melhor que os pares monolíngues, possivelmente pelo fato de terem, desde cedo, que prestar atenção nas diferenças entre as duas línguas na hora de ouvir e falar”, explica a psicóloga doutora em Psicologia do Desenvolvimento Humano Cristiane Pertusi. “Elas antecipam de certa forma a consciência linguística e aceleram o desenvolvimento da lógica”, acrescenta.

+ Seu filho pode ter problemas de memória ao jogar futebol?
+ França proíbe celulares e tablets em escolas para crianças e adolescentes de até 15 anos

Dessa maneira, e muitas vezes sem se dar conta, as escolas que incluem o ensino de outro idioma na grade curricular contribuem de forma significativa na vida adulta dos pequenos. “A criança possui uma curiosidade natural pelo conhecimento e pela aprendizagem. Nasce conhecendo o mundo através da boca, dos olhos, dos ouvidos, do corpo e conforme vão crescendo o aprendizado passa a acontecer através do brincar, algo fundamental para elas”, pontua a psicóloga.

De acordo com a especialista, os pais devem ter em mente que o desenvolvimento das habilidades escolares é estimulado com algumas ações: disciplina com horários, brincadeiras e jogos em conjunto com outras crianças. Já o professor, deve estimular o aluno a buscar as respostas e orienta-lo a como fazer. “Dessa forma, ele está amparado para aprofundar seus conhecimentos e sair do imediatismo e superficialidade que predomina na busca por conhecimento atualmente, dando respostas prontas e imediatas as questões colocadas pelos alunos”, resume a Dra. Pertusi.

Ensinar um novo idioma a uma criança, da forma adequada, tem o poder de transformá-la para sempre.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários