Aqui estão as curiosidades que você não sabia sobre Freddie Mercury – GQ

9

Freddie Mercury colocando todo seu talento pra fora em Las Vegas (Foto: Getty Images)

O cara era um gênio. Tanto nas suas composições, quanto na sua icônica voz. Farrokh Bulsara é uma das maiores figuras não só do rock, como da história da música. Não reconheceu? Este é o nome de certidão de nascimento de Freddie Mercury, lendário vocalista do Queen, que completaria 73 anos nesta quinta-feira (5).

+ Rami Malek só aceitou ser vilão do 007 com uma condição
+ Austin Butler interpretará Elvis Presley no cinema

É bem provável que você já saiba alguns fatos sobre ele. Como por exemplo sua nacionalidade. Ele não era inglês. O cantor nasceu na Cidade de Pedra, em Zanzibar, na África (atual Tanzânia). Para celebrar seu aniversário (e obra) listamos cinco curiosidades que talvez você ainda estej para descobrir sobre o melhor vocalista de todos os tempos.

Dica: escute um dos maiores clássicos da banda enquanto lê este texto:

Versão Designer

Freddie, como todos os outros membros do Queen, concluiu o ensino superior. O vocalista se formou em Design Gráfico, e usou todo seu conhecimento na área para criar o logo da banda, cuja inspiração veio nos signos dos integrantes do grupo.

John e Roger são de leão; Brian May era de câncer e as duas fadas representam o signo de Mercury, virgem. O “Q” e a coroa representam o nome da banda. Já a fênix simboliza proteção.

Músicos e Filmes Favoritos

As lendas também têm suas (grandes) referências. Os músicos favoritos de Freddie eram John Lennon,  Aretha Franklin e a banda  “The Jacksons”, liderada por outro ícone, Michael Jackson. Já no cinema, o astro tinha Quanto Mais Quente Melhor como seu filme preferido. O músico era fã de Marilyn Monroe, Liza Minnelli e o ator era Timothy Dalton, que ficou conhecido por interpretar James Bond em dois filmes – Marcado para a Morte e Permissão para Matar.

Extravagância nos palcos, timidez fora deles

Apesar de seu estilo único quando estava em ação, Freddie era uma pessoa muito tímida fora dos palcos – exemplo disso são as raras entrevistas concedidas pelo astro. E este seu estilo até lhe causava preocupação. Ele tinha medo de causar desapontar as pessoas pelo fato de ser diferente quando não estava cantando. Freddie também era carente e inseguro.

Bigode estratégico?

O vocalista tinha 36 dentes – quatro a mais que o comum. Apesar de um certo incômodo com a aparência, Freddie se recusou a “corrigir” este problema com medo de que os procedimentos alterassem sua qualidade vocal. Talvez por isso ele tenha deixado o icônico bigode.

O acaso ajudou

Bohemian Rhapsody é um dos maios clássicos da indústria fonográfica. Ela demorou mais de dez anos para ficar pronta e o clipe é considerado um dos primeiros da história. Ela foi escrita pelo próprio Freddie em vários pedações de papel que ele usava como rascunho. Mas todo este trabalhou só foi reconhecido graças ao DJ britânico Kenny Everett, que trabalhava na rádio Capital à época. Ele roubou a fita das sessões de gravações e tocou de surpresa.

Acompanha tudo de GQ? Agora você pode ler as edições e matérias exclusivas no Globo Mais,o app com conteúdo para todos os momentos do seu dia. Baixe agora!

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários