Atenção com o couro cabeludo pode evitar calvície feminina e alopecias – R7

6

“Dermatologista alerta que o preço da vaidade, algumas vezes, pode custar a saúde capilar”

Além de ser bastante reativo e vascularizado, quando algo vai mal devido a mudanças de temperatura, momentos de estresse, uso de produtos com agentes agressivos e até mesmo procedimentos estéticos, como a colocação de Mega Hair, o local pode apresentar sinais de ressecamento, vermelhidão e ardor.

Médica dermatologista, Luciana Passioni, especialista em restauração capilar pela International Society of Hair Restoration Surgery (ISHRS), na Califórnia, explica que está cada vez mais comum ver pacientes mulheres desenvolvendo Alopecias Cicatriciais (queda de cabelo que destrói completamente os fios). Isso vem acontecendo de acordo com uso excessivo de agentes químicos agressivos ou com procedimentos estéticos que mexam muito no cabelo e afetem principalmente o couro cabeludo.

“Utilização de Mega Hair pode gerar queda de cabelo”

“Quando a paciente chega ao consultório em busca de ajuda, é porque a situação da região está bem comprometida e, em alguns casos, já apresenta alguns buracos de calvície. A fratura do fio é chamada de quebra e não queda de cabelo.  Vale sempre prestar atenção ao couro cabeludo – antes, durante e depois do procedimento estético”, destaca a dermatologista.

Elenice Santos, de 36 anos, sentiu literalmente na pele – ou melhor, no couro cabeludo – o preço desta vaidade. A jornalista, que tem cabelo crespo, sempre quis os fios maiores e, desde os 20 anos, optou por químicas e pelo uso de Mega Hair. O problema foi que, depois de anos usando fios postiços, a jornalista decidiu retirar. Foi quando Elenice percebeu que, mesmo fazendo toda a manutenção, o couro cabeludo não estava respirando da forma devida; além de perder muito cabelo, os fios estavam quebradiços, fracos, finos e muito ralos.

“Eu tive que procurar ajuda de um especialista para fazer um tratamento de restauração. O Mega Hair deixou alguns buracos e a solução foi cortar o cabelo curtinho. Decidi, então, assumir os meus fios crespos. Além de me sentir mais livre, percebi quanto mal tinha feito para o meu cabelo e para o couro cabeludo. Hoje quando quero ficar com cabelão, uso peruca”, explicou Elenice Santos.

O post Atenção com o couro cabeludo pode evitar calvície feminina e alopecias apareceu primeiro em Para Tudo.

Fonte oficial: R7

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários