Azealia Banks e Grimes podem ser intimadas para depor em processo no qual Elon Musk é réu – Notas – Glamurama

5

Musk entre a ex, a cantora Grimes (esquerda) e Azealia Banks || Créditos: Getty Images

O tuíte no qual Elon Musk prometeu tirar a Tesla da bolsa quando a ação da montadora de carros elétricos atingisse US$ 420 (R$ 1.554) continua rendendo dores de cabeça para o bilionário sul-africano, que é o cofundador e controlador da empresa. Alvo de uma investigação das autoridades financeiras dos Estados Unidos por causa da postagem, que data de agosto do ano passado e já lhe rendeu uma multa de US$ 20 milhões (R$ 74 milhões), ele agora teme que a cantora canadense Grimes e a rapper Azealia Banks sejam intimidadas para depor no caso.

A primeira é a ex de Musk, e a segunda se tornou uma espécie de rival dele desde que o visitou em Los Angeles na mesma época da polêmica no Twitter. Os procuradores americanos responsáveis pela ação acreditam que ambas podem ter testemunhado o possível comportamento nada adequado do empresário naqueles dias, hipótese que alguns acionistas minoritários da Tesla também consideram plausível, e por isso cogitam ouvi-las nos tribunais.

E o pior é que até o “The New York Times” e o site de notícias sobre tecnologia “Gizmodo” também podem ser chamados para se explicar, já que os dois citaram fontes anônimas cheias dos detalhes quando cobriram o imbróglio. Para evitar os testemunhos, os advogados de Musk entraram com uma moção na semana passada pedindo ao juiz responsável pelo processo “não ceda a pressões daqueles que querem apenas ‘sensacionalizar’ algo muito sério”. O final que essa história terá é um mistério para todos. (Por Anderson Antunes)

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários