Barbara Reis: ‘Somos mulheres dentro de uma sociedade que diz como devemos nos portar, falar, agir” – GQ

8

Bárbara Reis (Foto: Guiherme Lima / Divulgação)

GQ Brasil: Acredita que a visão sobre a mulher mudou muito (pensando na novela que se passa nos anos 20)?
Barbara Reis: Mudou. Mas essa transformação veio de nós mesmas, do nosso posicionamento, de não aceitarmos o que acham que devemos ser. E, principalmente, de nos amarmos acima de tudo e de nos entendermos como mulheres dentro de uma sociedade machista que diz como devemos nos vestir, nos portar, falar, agir…. Temos mulheres transgressoras na novela e isso é incrível porque, desde sempre, elas se posicionavam. O que dificultava e dificulta até hoje são os padrões.

+ Rodrigo Hilbert se considera um feminista
+ “O feminismo liberta os homens”, acredita Gabriel Godoy

GQ Brasil: O que você aproxima voc^3e da Shirley? E o que a afasta dela?
Barbara Reis: A Shirley é muito determinada e focada. Eu sou igual! Discordo quando dizem que ela é egoísta porque ela sempre pensou na filha primeiro. O que nos afasta é o fato de ela ser amargurada e ficar presa ao passado! Pra mim, o passado é passado e só me importa o presente. 

+ O dicionário prático do feminismo
+ “O feminismo fez muito bem ao homem”, diz Maria de Médicis

GQ Brasil: Sua personagem não sorri. Fora das telas, o que faz você sorrir?
Barbara Reis: Verdade, isso é uma característica marcante da personagem! Ela apenas sorri quando tem algo bom relacionado à sua filha. A Barbara sorri quando vê que é cercada de amor e, principalmente, de gratidão. A gratidão por tudo que tenho é o que me faz sorrir diariamente. É um exercício.

GQ Brasil: E o que faz você ser durona como a Shirley?
Barbara Reis: Injustiça, vitimismo, reclamação e ver pessoas falando ou diminuindo as outras! Também detesto falta de educação e prepotência.

GQ Brasil: Como está sendo para você a experiência em Éramos Seis?
Barbara Reis: Essa novela tem me revelado uma Bárbara mais madura e confiante! Sempre fui confiante, mas acho que agora não penso mais nisso, sabe? Sempre me reafirmava nesse lugar – hoje eu não penso mais. E a novela também tem me feito ter deliciosas lembranças de infância.

Acompanha tudo de GQ? Agora você pode ler as edições e matérias exclusivas no Globo Mais,o app com conteúdo para todos os momentos do seu dia. Baixe agora!

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários