bilionária mexicana vai construir o prédio mais alto do país – Notas – Glamurama

6

Maria Asunción Aramburuzabala || Créditos: Reprodução

Bancar a construção de estruturas colossais costuma ser um território dominado por homens em todo o mundo, mas não no México. Segunda mulher mais rica de lá, a bilionária Maria Asunción Aramburuzabala acaba de anunciar que vai mandar erguer um arranha-céu de 57 andares  – o prédio mais alto do país. O projeto do empreendimento que ficará localizado nos arredores do Paseo de la Reforma, uma das áreas mais ricas da Cidade do México, foi delegado ao escritório britânico Foster + Partners. A poucos passos dali fica a Torre Mayor, que com seus 55 andares é o prédio mais alto da capital atualmente e o 178º mais alto do mundo.

No total serão mais de 85 mil metros quadrados de escritórios e espaços comerciais, e o custo da obra está na casa dos US$ 80 milhões (R$ 281,4 milhões). Não é nada que pese no bolso de Aramburuzabala, dona de uma fortuna pessoal estimada em US$ 5,9 bilhões (R$ 20,7 bilhões), a maior parte em ações da Anheuser-Busch InBev. Maria é neta do criador da cerveja Corona e se tornou acionista da Inbev (empresa atualmente controlada pelo brasileiro Jorge Paulo Lemann) quando ele comprou a cervejaria mexicana que chamava Grupo Modelo, em 2008. (Por Anderson Antunes)

Imagem computadorizada do empreendimento || Créditos: Reprodução

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários