Brasileira causa no Miss Universo com fantasia de R$ 27 mil que se “transforma” em beija-flor – Moda – Glamurama

24

A indumentária “Deusa do Sol”, feita de plumas amarelas pelo artista parintinense Helerson da Maia, simboliza todas as etnias indígenas || Créditos: Miss Universe Organization

Está rolando o concurso de Miss Universo, na Tailândia, e um dos momentos mais aguardados da disputa é o desfile de traje típico, no qual as representantes de cada país revelam em seu figurino traços da cultura e de sua origem. O desfile aconteceu nessa segunda-feira, como parte das etapas preliminares do prêmio, e quem se destacou na apresentação foi a nossa Miss Brasil Mayra Dias, nascida em Itacoatiara, no Amazonas. Com look assinado por Helerson da Maia, estilista dos principais trajes do Festival Folclórico de Parintins, o figurino criado para Mayra simbolizou todas as etnias indígenas. “A fantasia é a representação de uma índia que carrega em sua indumentária, pinturas e plumagem de todos os povos brasileiros”, explicou o estilista.

O auge da noite ficou por conta dos recursos tecnológicos usados na concepção do traje avaliado em 27 mil reais. No primeiro momento, Mayra surgiu como índia na passarela e, em seguida, a roupa se transformou em um beija-flor com o aparecimento de asas acionadas por controle remoto que estava conectado ao look: “Após acionado, o mecanismo ativou a abertura da asa que também batia para ser ainda mais real. A máscara trouxe a cabeça de beija-flor formando uma ave completa com movimentos. A intenção era que os espectadores assistissem uma índia se transformar em um beija-flor“, revelou Helerson.

Mayra Dias, Miss Brazil durante o desfile de fantasias do Miss Universo em Bangkok, na Tailândia || Créditos: Miss Universe Organization

A grande final do Miss Universo acontece no dia 16 de dezembro e será transmitido pela BAND direto do centro de convenções IMPAC Arena, em Bangkok, a partir das 22h. Estamos na torcida!

Assista ao momento abaixo:

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários