Cara Delevingne precisou pedir autorização a Princesa Eugenie para usar terninho em seu casamento – Moda – Glamurama

5

Cara Delevingne durante o casamento da Princesa Eugenie || Créditos: Getty Images

Em uma ocasião ultra-tradicional em que as mulheres são convidadas a usar vestidos e chapéus durante o dia, Cara Delevingne ousou, como aliás é de seu feitio. Optou por uma cartola e smoking assinado por Emporio Armani. No dia do casamento da princesa Eugenie, Delevingne quebrou todos os protocolos, mas não causou desconforto à amiga.

A modelo disse à revista Grazia UK que comentou sobre a ideia com Eugenie antes de se comprometer com o look. “Eugenie é minha amiga desde que éramos crianças. Mandei uma mensagem para ela porque não tinha certeza se podia usar um smoking em seu casamento… e claro que ela autorizou.”

Delevingne acrescentou que ficou surpresa ao ver como as pessoas reagiram ao modelito usado por ela na cerimônia, que aconteceu na capela de St. George, no Castelo de Windsor. “Achei interessante o número de pessoas que vieram até mim e diziam ‘Você é tão corajosa para usar isso!’”, disse ela, que respondia: “Eu me sinto muito mais confortável assim.”

Cara acabou quebrando um dos protocolos reais e não foi só pelo smoking em si. É que Cara completou a produção com sapatos de salto, gravata e uma cartola preta. De acordo com algumas regras, as cartolas devem ser usadas de manhã para corridas, como as de cavalos, mas levadas na mão em qualquer outra ocasião.

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários