Com olho na sustentabilidade, a Timberland recruta Christopher Raeburn como novo diretor criativo – GQ

2

A Timberland anuncia o designer britânico Christopher Raeburn, de 36 anos, como novo diretor criativo global da marca. Novo talento na liderança, mas não necessariamente uma mudança de hábito. Isso porque Christopher tem um bocado a ver com o DNA sustentável e prático que a gigante do outdoor busca colocar no centro de seus negócios.

Através de sua própria marca homônima e uma passagem bem sucedida como diretor de arte da suiça Victorinox, Christopher Raeburn fez seu nome através de peças reutilizadas de materiais descartados – incluindo paraquedas e uniformes excedentes do exército -, cadeias produtivas eco-friendly e um olho para o design prático, relacionado à sua infância na região rural de Kent. Quando criança, diz Raeburn em conversa com o Hypebeast, “tínhamos que criar nossas próprias brincadeiras”. “Os elementos utilitários do meu trabalho são muito inspirados pelo meu ambiente quando era jovem”, conclui.

“A filosofia de design de Raeburn é uma combinação e tanto com a direção e propósito de nossa marca; ele é conhecido por sua visão de design prática e ponderada, e isto é algo que pensamos ser de grande valor na evolução de nossas linhas”, disse para a Esquire Argu Seclimis, vice-presidente global de marketing da Timberland.

+ Timberland faz uma viagem pelo Brasil em nova coleção
+ LEGO adota pegada sustentável e cria blocos à base de cana-de-açúcar

Esta não é a primeira jornada do britânico com a marca, no entanto. Raeburn já havia feito uma collab com a Timberland para o desfile de sua marca na semana de moda de Londres em 2018, trabalhando o conceito “Remade, Reduce, Recycle, Raeburn”, frase que pôde ser vista em letras brancas nas peças da coleção, juntamente com o logo de árvore.

As coleções comandadas por Christopher Raeburn só começam com as vendas no Brasil a partir do segundo semestre de 2019, no início com poucas peças e apenas em algumas lojas que ainda serão confirmadas.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários