Como Donald Trump ajudou o Green Day a voltar às paradas britânicas – GQ

4

Dez anos depois, American Idiot, um clássico do Green Day, está de volta às paradas britânicas. O single, atualmente, aparece como a segunda faixa mais baixada no ranking Singles Downloads Chart e na posição 18º entre as mais tocadas no Reino Unido. A explicação do segundo estouro da música tem nome e sobrenome: Donald Trump.

Com a notícia visita do presidente dos EUA ao Reino Unido, no início do mês, uma campanha mobilizada por ingleses nas redes sociais pretendia colocar American Idiot no topo das paradas durante a passagem de Trump pelos Estados Unidos. Apesar dos protestos, que incluíram um grande “pixuleco” do americano, o objetivo só foi alcançado nesta semana.

O mais curioso dessa história talvez não seja o resgate de um dos hits mais marcantes do rock na década passada. Após gigante sucesso em 2004, o disco do Green Day se tornou um musical da Broadway de êxito bastante semelhante, ganhando um novo público…. incluindo o próprio Donald Trump.

“Melania e eu vimos American Idiot na Broadway na noite passada e foi ótimo. Uma experiência teatral incrível”, escreveu Trump em 2010 (tweet abaixo). A letra da música, escrita por Billie Joe Armstrong, ridicularizava George W.Bush, então presidente dos EUA, criticava a alienação da população e defendia os direitos dos homossexuais.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários