Conheça o Blue Note, o seu provável novo spot favorito de jazz em São Paulo – GQ

7

O jazz tem como bases fundamentais o progresso e a inovação. Com essa premissa é que Facundo Guerra, nome já conhecido da noite paulistana, abre nesta sexta-feira (15) a filial paulista do Blue Note, um dos clubes de jazz mais emblemáticos de NY. Ao lado dos empresários Luiz Calainho, Daniel Stain, Flavio Pinheiro e Marcelo Megale, que administram a unidade do Rio de Janeiro, Facundo decidiu presentear um dos complexos multi-usos mais famosos de São Paulo, o Conjunto Nacional, com uma marca ícone.

O Blue Note São Paulo manterá a mesma vibe do original americano, conhecido pela programação de qualidade, composta por artistas de primeira, iluminação azulada e a proximidade da plateia com os músicos. Para elevar a experiência, a chef Daniela França Pinto criou um cardápio de alta gastronomia que harmoniza perfeitamente com o som.

Com investimento estimado em 3,2 milhões, o espaço intimista ocupa um salão de 800 metros quadrados. De quarta à sábado, shows apresentados no formato de dois sets. De segunda à sexta, uma novidade: almoço com jazz ao vivo. E, aos domingos, brunch servido das 12h às 16h.

O cantor Marcos Valle e o trio Azymuth, notável grupo de jazz querido pelos amantes do gênero, ficaram responsáveis pela abertura desta noite de sexta. Para visitar já!

+ Facundo Guerra: ‘Por trás de qualquer racista, machista, homofóbico, há pais ignorantes’
+ 20 discos históricos fazem 50 anos em 2019

Conheça o Blue Note, o seu provável novo spot favorito de jazz em São Paulo (Foto: Reprodução/Instagram)

Serviço:

Abertura: 15/02
Horário: 1º set de show, às 20h, e 2º set, às 22h30.
Endereço: Conjunto Nacional, 2º andar. Avenida Paulista, 2073, Consolação.
Ingressos: https://www.tudus.com.br/
Valores: De R$ 120 a R$ 480.
Lugares: 336

Funcionamento:
Shows de 4ª a sábado a partir das 18h30 (1º set, às 20h, e 2º set, às 22h30)
Almoço executivo de 2ª a 6ª, das 12h às 15h.
Domingo com brunch e música ao vivo das 12h às 16h.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários