Cosméticos “verdes” estão em alta e são o segredo da pele de famosas como Isabelle Drummond – Notas – Glamurama

14

O segredo da pele de Isabelle Drummond || Créditos: Reprodução Instagram

Quer saber o segredo da pele maravilhosa das famosas Isabelle Drummond, Luisa Mell, Gisele Bündchen e Miranda Kerr? Produtos de beleza “verde” são o novo must have do mercado da beauté e vão além da causa pró-animais. Além dos cosméticos orgânicos, produzidos com matéria-prima livre de agrotóxicos, também existem os veganos, categoria considerada ainda mais “pura”. Tudo com a promessa de efeitos iguais aos convencionais, porém sem alguns contras, como o potencial alergênico. A biomédica Dra. Luciana Godinho explicou ao Glamurama qual a diferença entre eles e te ajuda a escolher o ideal para você.

OS ORGÂNICOS – Usados por Miranda Kerr e Gisele Bündchen, que é ativista, super pró-alternativas orgânicas e já teve sua própria marca de cosméticos a Sejaa.

“Esses cosméticos possuem em sua fórmula apenas componentes de origem ‘verde’, e matéria-prima cultivada sem agrotóxicos. São livres de parabenos e sulfato, mas a necessidade de eliminar esses compostos ainda não é 100% regulamentada. Ótima opção para quem tem muita alergia, porque possuem menos chance de provocar uma irritação na pele, já que seus ingredientes estão em seu estado mais puro, com pouquíssima intervenção química”, explica Dra. Luciana.

OS VEGANOS – Usados por Isabelle Drummond, Yasmin Brunet e Luiza Mell.

“São considerados cruelty free, ou seja, não envolvem exploração de animais em nenhuma etapa de sua produção. São livres até de derivados animais, como o leite e mel, por exemplo. São ainda menos alergênicos que os orgânicos e nada cancerígenos. Porém, possuem a data de validade menor que os demais já que usam conservantes não convencionais”, orienta Luciana.

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários