De Dom Casmurro ao Pequeno Príncipe: as críticas literárias de Gustavo Scarpa no Instagram – GQ

11

Gustavo Scarpa (Foto: Getty Images)

Quem visita o Instagram de Gustavo Scarpa se depara logo de imediato com uma série especial de stories (como são chamados os vídeos curtos da rede social) chamada “livros lidos”. Nesta série especial, o meia do Palmeiras tem chamado a atenção com críticas nada clichês e bastante divertidas sobre clássicos da literatura.

+ O futebol espanhol agora tem um clube terraplanista
+ Lista GQ: 5 jogadores-técnicos icônicos do futebol
+ José Mourinho se emociona em entrevista por saudades do futebol


Gustavo Scarpa comenta A Metamorfose, de Franz Kafka (Foto: reprodução/instagram)

A ideia da série é simples: a cada leitura completada, um comentário simples com foto do livro para os seus seguidores. Ao terminar A Metamorfose, de Franz Kafka, por exemplo, o jogador resumiu a experiência da seguinte maneira: “maneiro. Mlk (moleque) inseto”, disse ele, viralizando nas redes. Sobre O Processo, do mesmo autor, ele escreveu: “incompreensível, mas dahora”.


Gustavo Scarpa comenta O Pequeno Príncipe (Foto: reprodução/instagram)

Scarpa também foi todo elogios a’O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry (“bom demais”), A Revolução dos Bichos, de George Orwell (“livro bem maneiro. uma sátira interessante kkkkk. outra época e pá, mas maneiro”) e a’O Discípulo Radical, de John Stott (“profundamente bíblico, o que é mais importante”).


Gustavo Scarpa comenta O Discípulo Radical (Foto: reprodução)

Dentre todos, contudo, talvez o comentário mais marcante tenha sido sobre Dom Casmurro, livro de maior alcance da carreira de Machado de Assis. Como é tradição entre os leitores, ele deu o seu pitaco sobre a maior polêmica da história da literatura nacional, a fidelidade de Capitu – do seu modo, claro. “Traiu kkkkkkkkkkk”, resumiu. O mlk é craque.


Gustavo Scarpa comenta Dom Casmurro, de Machado de Assis (Foto: reprodução)

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários