Début de Slimane para Celine propõe punk chic ‘à la’ 80s com clima de déjà vu – Moda – Glamurama

3

Celine por Hedi Slimane, spring/summer 19 || Créditos: Reprodução Instagram

Aconteceu nesta sexta-feira um dos desfiles mais esperados da temporada, o début de Hedi Slimane para a Celine. Desde que foi anunciado como diretor criativo da marca, ocupando posto que foi  de Phoebe Philo por 10 anos, o estilista já vinha fazendo ousadas mudanças na marca francesa. Mudou seu logo, tirou o acento do primeiro “e” de Celine e apagou todos os posts do site e do Instagram da maison, anunciando o início de uma nova era, como já havia feito na Saint Laurent.

Na passarela, soldados rufaram os tambores anunciando o início da apresentação. Com todas as luzes apagadas foi surgindo um cenário espelhado que revelava, aos poucos, o primeiro look do desfile: um microvestido de poás super anos 1980. Foi a década que deu o tom de toda a apresentação, com mangas bufantes e calça skinny que homens e mulheres vão querer para já. A revolução de Slimane para Celine vem com o espírito das boates, altas doses de rock’n’ roll e referências parisienses. Um punk-chic com clima de déjà vu, muito parecido com o que ele fazia na Saint Laurent.

Como esperado, o Slimane impôs seu DNA à coleção, que diz muito mais sobre a estética dele do que da própria Celine, decepcionando alguns fashionistas e clientes da marca. Suzy Menkes, uma das jornalistas mais respeitadas da moda, falou em seu Instagram: “O desfile da Celine te lembra algo? Hedi Slimane para Saint Laurent”.

A mensagem de Slimane, com uma sequência de minissaias e microvestidos, de paetês, couro, lamê e outros símbolos da década do new wave? Se jogue na noite e dance até o sol raiar. Agora é esperar para ver como tudo chegará às lojas e como será recebido pela clientela. Abaixo, cliques e vídeo do desfile.