Dubai está construindo uma Europa para chamar de sua – GQ

6

Quando falamos de Dubai, logo pensamos em projetos megalomaníacos, luxuosos e gigantescos. No entanto, os limites da extravagância parecem ter sido superados com “The Heart of Europe”, um complexo turístico que irá simular o continente europeu em seis ilhas artificiais satélites e outras 300 mais simplesinhas.

Criado para atrair novos ricos do mundo, o espaço irá receber até 16 mil pessoas a partir de 2020. Um ano antes da sua inauguração, a “mini-Europa” já é um sucesso do ponto de vista imobiliário: 85% das 4 mil casas oferecidas já foram vendidas. Os imóveis mais procurados até o momento estão na praia da Suécia.

A área sueca se destaca, segundo informações do The National, pela exclusividade, com várias áreas restritas e até um recife de coral para embelezar a vista dos inquilinos. As casas do trecho estão custando, em média US$ 100 milhões (algo em torno de R$ 377,3 milhões, convertendo para a nossa moeda.

O “The Heart of Europe” está avaliado em US$ 5 bilhões (R$ 18,9 bilhões) e faz parte de uma ideia ainda mais ambiciosa. Os empresários envolvidos almejam construir réplicas do mundo inteiro num projeto maior, não à toa intitulado “The World”. Como as obras deste último estão mais atrasadas, os endinheirados terão que se contentar por enquanto, ironicamente, só com o Velho Mundo.

+ Dubai Design Week aponta futuro promissor para o design no Oriente Médio
+ GQ chega ao Oriente Médio com mais jovem Diretor de Redação da marca

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários