Elas também evoluíram! Glamurama entrega a linha do tempo das sobrancelhas desde os anos 1950 – Beleza – Glamurama

5

Sobrancelhas marcam épocas na moda || Créditos: Reprodução Instagram

As sobrancelhas sempre passaram por mudanças, seja de formato ou espessura, os desenhos acima dos olhos ditam moda desde sempre com ícones como Audrey Hepburn, Sophia Loren, Farrah Fawcett, Brooke Shields e Cara Delevingne. Cada vez mais em alta no mundo da beleza, Glamurama conversou com Raphaella Bahia, responsável por delinear as sobrancelhas de Letícia Colin, Fernanda Nobre e cantora Iza, por exemplo, que fez uma retrospectiva e explica os designs usados ao longos das décadas.

Anos 1950 – Sophia Loren

Nesta época, as sobrancelhas eram arqueadas, escuras e remetiam sensualidade e determinação, como ditavam Audrey Hepburn, Sophia Loren e Marilyn Monroe. “Eram bem marcadas no início e preenchidas ao longo do formato comprido”, afirma Raphaella.

Anos 1960 – Twiggy

“Nesta década, elas afinaram e os rostos perderam expressão. É fácil notar que o delineado mais fino também envelhece o rosto deixando o olhar mais apático”, afirma a especialista, que comenta que na época as mulheres costumavam raspar os pelos com lâmina e desenhavam o arco com lápis. “O terror de qualquer designer!”, brinca. Um exemplo era a modelo Twiggy.

Anos 1970 – Farrah Fawcettt

Sem muitas mudanças, as sobrancelhas permaneceram finas e falhadas, porém, mais naturais, sem o uso da maquiagem. “Mulheres como Farrah Fawcett, ícone de beleza da década, deixavam as sobrancelhas clarinhas mesmo.”

Anos 1980 – Brooke Shields

Este período foi de grandes mudanças. “As sobrancelhas passaram a ser grossas, bem definidas e penteadas com pelos até demais. Brooke Shields era adepta.” No entanto, não são arqueadas, nas no formato mais reto, remetendo a um olhar determinado e forte.

Anos 1990 – Sharon Stone

Chegou a vez dos arqueados, mas que no meio da década voltaram a afinar. “O costume era limpar bem os excessos e deixá-las levemente arqueadas, como a modelo Cindy Crawford e atriz Sharon Stone”, avalia Raphaella.

Anos 2000 – Gisele Bündchen

“Começou a era das sobrancelhas definidas, mas sabemos que ainda tinha um longo caminho pela frente. Nestes anos, o design ainda é considerado fino em relação ao atual”, comenta a expert. Um exemplo era a modelo Gisele.

2010 – Cara Delevingne

As sobrancelhas grossas tomaram conta das capas de revistas e sites. “A mulher se conscientizou que uma sobrancelha mais cheia rejuvenesce e harmoniza o rosto. O importante é se preocupar com um bom design e jamais tirar pelos além da conta. Pelo contrário, a micropigmentação virou febre e a maioria deseja redefinir o formato com a técnica”, finaliza Raphaella. Alguns exemplos são Isis Valverde e a modelo internacional Cara Delevingne.

2018 – Mariana Goldfarb

Em 2018, o estilo cheio e natural vem desbancando o design certinho e simétrico. Sobrancelhas bagunçadas e imperfeitas se firmam como tendência. Alice Wegmann e Mariana Goldfarb usam, abusam e arrasam!

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários