Em meio ao Brexit, governo do Reino Unido compra apê de R$ 62,3 mi em NY para abrigar diplomata – Notas – Glamurama

6

O 50 United Nations Plaza, em Nova York || Créditos: Reprodução

Os britânicos, que não aguentam mais as notícias ruins sobre o Brexit, estão quase se rebelando por causa da revelação de que o governo do Reino Unido torrou US$ 15,9 milhões (R$ 62,3 milhões) na compra de uma cobertura de quase 560 metros quadrados localizada no 38º andar do luxuoso 50 United Nations Plaza de Nova York, um dos prédios com os apartamentos mais caros de lá no momento e foi projetado por Norman Foster. A desculpa oficial é que a propriedade nas alturas servirá de residência oficial para Antony Phillipson, comissário de comércio e cônsul geral do país na Big Apple. Mas há quem diga que o diplomata não precisa viver em um lugar tão pomposo para defender os interesses de seus compatriotas em terras americanas.

Justiça seja feita, Phillipson não é o único político a causar polêmica por garantir um endereço no 50 United Nations Plaza: em 2015, o embaixador da Nova Zelândia nos Estados Unidos, Gerard van Bohemenm, foi duramente criticado em seu país por ter se mudado para um apê de US$ 8 milhões (R$ 31,3 milhões) no 18º andar do edifício, algo que foi classificado como “completamente fora de contato com a realidade” pela imprensa neozelandesa na época. (Por Anderson Antunes)

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários