Especial meio ambiente: as iniciativas e marcas sustentáveis para ficar de olho – GQ

22

O futuro do meio ambiente está em jogo (Foto: Getty Images)

A Amazônia está em foco nos últimos dias, devido a um aumento massivo no desmatamento e a um incêndio que já perdura por três semanas. Para os paulistanos, é um problema que bateu, quase literalmente, às suas portas (a fumaça das queimadas foi uma das responsáveis pelo dia ‘virar noite’ na tarde do último dia 19). Já para o governo brasileiro, é um dilema de proporções globais: líderes mundiais voltaram a criticar a política ambiental da gestão Bolsonaro esta semana, às vésperas da reunião do G7 – grupo reunindo sete das maiores economias do mundo, que se encontram neste fim de semana na França.

+ De olho em sustentabilidade, Michelin anuncia pneus sem ar
+ Dia da Reciclagem: como a Nespresso trabalha a sustentabilidade no Brasil

Meio ambiente, em outras palavras, é o assunto da vez. E se você busca fazer a diferença, há grande valor em começar pelo que você consome – e o que você apoia. Listamos abaixo algumas iniciativas sustentáveis que devem ficar no seu radar:

Na moda


Yuool (Foto: Divulgação)

A Yuool é uma startup criada na virada de 2017 para 2018 que vende na internet sapatos feitos com lã de ovelha merino . A empresa foi fundada pelos ex-sócios da XP Investimentos Marcelo Maisonnave, Pedro Englert e Eduardo Glitz. Eles investiram R$ 4 milhões e venderam no primeiro ano da marca 7.400 pares (a meta era 1.900).


Salvatore Ferragamo (Foto: Divulgação)

Outro exemplo de compromisso com a sustentabilidade é o da Salvatore Ferragamo. A label juntou-se a 32 empresas de moda e têxteis na assinatura do Fashion Pact. O intuito é estabelecer objetivos práticos e tangíveis para reduzir o impacto ambiental da indústria.

Os objetivos do Fashion Pact giram em torno de três áreas-chave para salvar o planeta: travar o aquecimento global, criando medidas para atingir zero emissão de gases com efeito de estufa até 2050; restaurar a biodiversidade através da preservação dos ecossistemas naturais; e diminuir o impacto da indústria da moda nos oceanos através de medidas práticas, como a redução gradual do uso de plásticos de utilização única.

Se interessou? Veja mais cinco marcas preocupadas com sustentabilidade.

Na gastronomia


Sustentabilidade: O Futuro Burger de Marcos Leta (ao lado) não quer ser imitação, mas alternativa (Foto: Kenny Hsu)

O Futuro Burger proporciona uma mudança no estilo de vida no horizonte da humanidade – e dos animais. Preocupado com o futuro do planeta, o hamburguer de Marcos Leta é o primeiro de carne não-animal do Brasil. A foodtech (termo usado para definir startups que usam tecnologia para alterar a forma como produzimos e consumimos alimentos) funciona baseada no sabor da carne, ingredientes naturais e uma economia de 70% de água na sua produção. Leia mais


Alexandre Pernet (Foto: Divulgação)

Alexandre Pernet enxerga a gastronomia como “um pilar para o desenvolvimento sustentável da Amazônia através do turismo”. O fundador da Soul Kitchen, em São Paulo é outro personagem deste mundo preocupado com a sustentabilidade. A cozinha-encubadora de projetos realizou um jantar especial em abril deste ano para demonstrar o manejo amazônico excepcional que reúne a variedade dos ingredientes locais, o sabor inigualável da culinária local e a preocupação com o meio ambiente. Leia mais

No entretenimento


LEGO (Foto: divulgação)

A LEGO colocou a mão na consciência e, lançou os primeiros blocos sustentáveis feitos de cana-de-açúcar no ano passado. O grupo dinamarquês almeja criar seus blocos com material 100% sustentável até 2030. Leia mais.


Caio Vaz e Isabella Santoni (Foto: Divulgação)

Caio Vaz é visto frequentemente realizando ações voltadas em prol do futuro do planeta. O surfista é um dos idealizadores do projeto Pegada do Bem. Ele nos forneceu cinco dicas para diminuir o uso do plástico no dia a dia. Entre elas estão pedir água filtrada no restaurante, levar uma ecobag sempre que for ao mercado e evitar ao máximo o consumo de plásticos descartáveis. Leia mais

Empresas contra o plástico


Starbucks prentende banir os canudos de plástico de suas lojas até 2020 (Foto: Reprodução Instagram)

Muitas empresas já demonstraram preocupação com o futuro do planeta. A Starbucks é uma delas. Ela anunciou que vai eliminar os canudos de plástico de suas lojas até 2020. Calcula-se que serão banidos mais de um bilhão destes itens das cerca de 28 mil lojas em todo o mundo. Leia mais


Um drink servido em um dos hotéis Marriott com canudo de plástico – cena que não se repetirá mais (Foto: Reprodução/Instagram)

Outra a tomar uma atitude como a citada acima é a Marriott. A rede de hotéis anunciou no ano passado que vai banir a utilização de um bilhão de canudos de plástico nos seus estabelecimentos. Leia mais

Acompanha tudo de GQ? Agora você pode ler as edições e matérias exclusivas no Globo Mais,o app com conteúdo para todos os momentos do seu dia. Baixe agora!

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários