Este prédio cercado de plantas busca acabar com o conceito de fachadas – GQ

15

Projeto para edifício verde na Holanda (Foto: Divulgação / MVRDV)

O que vem à sua cabeça quando pensa em fachadas de edifícios? Janelas, vidro, tijolos e cimento. Acertamos? Se sim, este conjunto habitacional e empresarial na Holanda é algo para te tirar da zona de conforto. Desenhado pela firma MVRDV, o prédio de 4 andares é todo cercado por vasos de planta, distribuidos como se estivessem em um enorme hack. Nada de paredes contínuas e cinzentas. No lugar delas, uma variedade de plantas e formas interessantes. 

+ Esta instalação no Japão transforma natureza em arte virtual
+ Planos para uma nova cidade na Arábia Saudita parecem saídos da ficção-científica

A construção terá início em 2020 e, quando estiver pronta, vai repousar numa esquina tranquila do município de Sint-Michielsgestel, próximo de rios e de um bocado de verde. E nossa pergunta inicial tem tudo a ver com a filosofia do projeto: “Este design é a evolução de nossa pesquisa sobre edifícios ‘sem fachada’ e sobre o ambientalismo radical”, diz Winy Maas, cofundador da MVRDV ao site Designboom. “A ideia, dos anos 90, sobre parques urbanos serem um oásis nas cidades é limitada demais. Precisamos mergulhar fundo no verde”, conclui.

(Foto: Divulgação / MVRDV)

Sobre as plantas em si, cada lado do edifício receberá espécies que harmonizem tanto com a exposição ao sol em cada ângulo da construção quanto com o uso interno, trazendo sombra, belas vistas ou privacidade. A parte de regar todas estas plantas fica por conta de um sistema de irrigação automatizado.

Acompanha tudo de GQ? Agora você pode ler as edições e matérias exclusivas no Globo Mais,o app com conteúdo para todos os momentos do seu dia. Baixe agora!

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários