Este relógio pode ser seu – mas apenas se você tiver bitcoin na conta – GQ

2

Peças de streetwear. Discos do 50 Cent. Até aposentadoria. Se por um lado não dá para comprar um pãozinho na padaria da esquina com bitcoin, é fato que dá para fazer um banho de loja interessante com a moeda virtual. E nisso a Hublot apostou pesado: seu novo modelo Big Bang, afinal, só pode ser comprado através de bitcoin.

Esse novo relógio possui edição limitada a 210 peças e só pode ser adquirido com o ativo digital – e diretamente do fabricante. Em homenagem à série icônica da Hublot e à tecnologia blockchain, o modelo apresentará o design industrial do Big Bang, além de elementos retirados do bitcoin.

Quanto ao número de peças disponíveis, ele também tem um motivo. Este Big Bang foi criado para comemorar o 10º aniversário da invenção da criptomoeda e o fato de que apenas 21 milhões de bitcoins existirão. Cada relógio terá um certificado exclusivo gravado em sua caixa, que representa o número de identificação da transação – bem de acordo com o blockchain, veja só!

+ Depeche Mode e Hublot se juntam para lançar relógios inspirados nos discos da banda
+ Saiba quem são os mais ricos no mundo das criptomoedas

A pré-venda do relógio começou no dia 19 de setembro e termina no próximo dia 29. O relógio em si será lançado em 6 de novembro, com entregas previstas para janeiro do ano que vem. 

Este modelo é a mais nova adição à lista de clássicos revisitados da relojoaria em 2018. É também resultado da parceria entre a marca suiça e a OS Limited (OSL), a principal corretora de ativos digitais da Ásia. E, além do quê, é um capítulo divertido do forte movimento da Hublot para o e-commerce: em junho deste ano, a marca abriu sua primeira butique digital, na Quinta Avenida em Nova York, no mesmo ano que anunciou seu marketplace online. 

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários