Farfetch estreia na bolsa de NY com ações a US$ 20 e levanta US$ 885 mi no primeiro dia – GQ

3

Lembra que a Farfetch estava prestes a entrar na bolsa? Aconteceu. A gigante do varejo de moda começou suas atividades no mercado de ações nesta sexta-feira (21). E da melhor maneira possível.

A empresa vendeu suas ações na oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) a um preço superior ao previsto. Cada uma pôde ser comprada por US$ 20 dólares, superando os US$ 17-20 esperados devido à alta procura. Considerando que foram 44,2 milhões de ações vendidas, isso significa que a Farfetch já garantiu US$ 885 milhões dos investidores que participam da estreia na bolsa de Nova York.

Com um preço de 20 dólares por ação, também a avaliação total da empresa fundada pelo português José Neves se torna maior: US $ 5,8 bilhões.

+ José Neves fala sobre os dez anos da Farfetch
+ Como a Farfetch imagina a loja do futuro

Na bolsa, a empresa vai aparecer sob o símbolo FTCH — este será o ticker das ações comuns da empresa, as chamadas classe A. As ações de classe B, que vão ficar na posse de Neves, valem 20 direitos de voto cada uma.

A escolha pela bolsa de Nova York, segundo a empresa, explica-se por ser lá o mercado que concentra o maior número de investidores em empresas tecnológicas. A Farfetch engloba centenas de marcas de luxo, incluindo lojas independentes, e não esconde seu desejo de criar a loja do futuro, que misture funções offline e online.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários