Felipe Sassi é o novo diretor de clipe queridinho das cantoras pop – GQ

11

Você pode não estar familiarizado com o nome Felipe Sassi, mas prepare-se para vê-lo cada vez mais gravado em videoclipes brasileiros. Pupilo de Konrad Dantas (o famoso Kondzilla), o rapaz de apenas 25 anos foi do funk ao pop em apenas 3 anos e, hoje, trilha carreira solo atrás das câmeras.

+ GQ Vozes: Jão está pronto para o sucesso de sua “sofrência pop”
+ Rincon Sapiência fala sobre música, carreira, estilo e limão na lasanha
+ Projota fala que rádios se recusaram a tocar nova música com tom político: ‘censura velada’

Em pouco tempo de voo solo, Sassi cativou grandes artistas do cenário pop brasileiro como IZA, Karol Conká, Gloria Groove e Aretuza Lovi. Em seu mais recente trabalho, Jogando Sujo de Ludmilla, o diretor deixou claro que o nível de seus videoclipes estão elevando cada vez mais. “Todos os cenários foram criados a mão e levamos duas diárias com mais de 12 horas para gravar. Foi uma estrutura hollywoodiana”, disse à GQ Brasil.

O próximo lançamento com nome de Sassi na direção será com Lia Clarke e a Wanessa Camargo; e ele promete mais uma superprodução. “A Wanessa até disse que parecia um cenário de filme”, disse.

Abaixo, você confere a entrevista na íntegra:

GQ Brasil: Como você conheceu a IZA e com a Ludmilla?
Felipe Sassi: Eu conheci a IZA no prêmio Multishow em 2016 e, desde então, estamos trabalhando juntos. Hoje somos amigos pessoais. Meu contato com a Ludmilla foi através da gravadora dela e já fizemos alguns clipes juntos. 

GQ Brasil: Quem é mais mandona no set: Lud ou IZA?
Felipe Sassi: A IZA com certeza. Ela é exigente, virginiana! Nós trabalhamos bem juntos porque eu sou perfeccionista e a IZA gosta de tudo certinho.

Sassi (Foto:  )

GQ Brasil: O último clipe da Ludmilla, que você dirigiu, parece ter dado bastante trabalho… 
Felipe Sassi: Todos os cenários foram criados a mão e levamos duas diárias com mais de 12 horas para gravar. Levamos um dia inteiro só para montar a estrutura. Foi uma estrutura hollywoodiana. 

GQ Brasil: O clipe foi reclassificado pelo youtube como +18. O que você achou disso?
Felipe Sassi: Eu fiquei triste porque tem tanta coisa que a gente consome, inclusive séries e filmes que são mais explícitos e um bumbum no escuro…pelo amor de Deus, né! A gente vive na era dos hatera. Qualquer coisinha, eles denunciam pra prejudicar. O que estamos fazendo ali é arte, não estamos ferindo ninguém.

GQ Brasil: Com quem deseja fazer um trabalho em vídeo (um nacional e um internacional)?
Felipe Sassi: Lady Gaga, com certeza! E eu até já sei que eu vou fazer (risos).

GQ Brasil: Qual o seu próximo trabalho, pode nos contar?
Felipe Sassi: O próximo é um clipe com a Lia Clarke e a Wanessa Camargo. Ele é meio vibes Tarantino com uma pegada cômica. A Wanessa disse que parecia um cenário de filme.

Sassi (Foto:  )

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários