Filhos e netos prestam tributo a Joe Jackson – GQ

9

Na quarta-feira (27), Joe Jackson, o pai do astro Michael Jackson, perdeu a luta contra um câncer no pâncreas e faleceu aos 89 anos. E logo após a morte do patriarca da família, netos e filhos prestaram tributo nas redes sociais.

La Toya Jackson, de 62 anos, compartilhou uma foto de si mesma com seu pai no Instagram. A legenda dizia “sempre amarei você! Você nos deu força, nos disciplinou à sua maneira, fez de nós uma das famílias mais famosas do mundo. Sou extremamente grata por isso.”

O filho mais velho de Michael Jackson, Prince, de 21 anos, compartilhou uma foto de si mesmo com seu avô, chamando-o de “um exemplo de pura força de vontade e dedicação” na legenda. “Você me ensinou a ter orgulho do nome Jackson e o que isso realmente significa, você me ensinou dedicação em face da adversidade e, acima de tudo, me mostrou força e coragem”, escreveu.

Paris, a filha do meio do Rei do Pop, de 20 anos, também deixou sua mensagem para o avô no Insta. Ela postou uma foto em que aparece de mãos dadas com seu “falcão”, apelido carinhoso dado pela neta a Joe, e disse que o trabalho de sua vida “ficará na história” e ele será conhecido como “um dos maiores patriarcas a viver”.

RIP The HAWK. Joseph Jackson. spending those last few moments with you were everything. being able to tell you everything i needed to tell you before saying goodbye was such a blessing. everyone that came to visit you, came with love, respect, and so much pride in their hearts for you. proud of you, proud to be your children, grandchildren, and great-grandchildren, proud to have your strength and share the dynasty you spent your life creating, and proud to be a jackson. you are the first true jackson. the legend that started it all. none of us would be anywhere near where we’re at if it weren’t for you. you are the strongest man i know. your life’s work will go down in history, as will you, to be known as one of the greatest patriarchs to ever live. i will cherish every moment with you til the day i die, especially our last moments. being able to hold your hand, lay with you and cuddle you, give you kisses all over your cheeks and forehead, meant more to me than you’ll ever know. quoting advice you gave me when i was a little kid and seeing your eyes light up, sharing stories my dad used to tell me about you, telling a joke and hearing you laugh for the last time.. my heart is full knowing we left each other in that way. i made you promise me you’ll come visit me. you agreed and i’m going to hold you to it. and i promised you that we will keep telling your story, over and over. to never be forgotten. my great grandchildren will know who joseph jackson is. i love you grandpa. so so so much that words can’t describe. i have immense gratitude for you, and always will. we all feel that way. thank you for everything. truly. rest in peace and transition. i’ll see you in my dreams very very soon.

Uma publicação compartilhada por Paris-Michael K. Jackalope (@parisjackson) em

Ainda na quarta-feira, o site oficial de Michael Jackson comunicou a morte de seu pai em uma declaração, em que chama o patriarca de “homem forte que reconheceu suas próprias imperfeições e tirou heroicamente seus filhos e filhas das siderúrgicas de Gary, Indiana (EUA), para o estrelato pop mundial”. Na década de 1960, Jackson, um músico, deixou de lado seus próprios sonhos de estrelato pop para gerenciar seus filhos – Jermaine, Marlon, Tito, Jackie e, é claro, o futuro superastro solo Michael – no topo das paradas com o grupo Jackson 5. Ele também ajudou a orientar a carreira de sua filha Janet Jackson.

Em contrapartida, ao longo dos anos, ele desenvolveu uma reputação de pai extremamente severo com seus filhos – vários deles chegaram a alegar que ele era fisicamente abusivo.

“Tenho medo do meu pai até hoje”, revelou Michael em trecho do livro Michael Jackson Tapes  de 2009, ano de sua morte. “Meu pai entrava na sala e desmaiava em sua presença muitas vezes. Eu vomitava em sua presença, porque quando ele entrava no quarto e sentia aquela aura, meu estômago começava a doer e eu sabia que estava com problemas”, acrescentou o eterno astro pop, que via seu pai como um homem mudado nos últimos anos.

“Ele é diferente agora. O tempo e a idade o mudaram. Ele vê seus netos e quer ser um pai melhor. Mas é tão difícil para mim aceitar esse outro cara, que não é o mesmo com quem fui criado. Eu só queria que ele tivesse aprendido isso antes”, contou Michael na obra.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários