Foxton ‘sai da praia’ e amadurece conceito e público alvo – GQ

16

A moda, no geral, anda passando por reestruturações. As marcas, por sua vez, tendem a se adaptar e rever conceitos tanto de imagem, quanto comerciais. O maior exemplo é a dança das cadeiras que anda acontecendo entre designers nas grandes marcas de moda em suas linhas masculinas como Louis Vuitton, Dior e Burberry.

Não diferente na carioquíssima Foxton, que entra no fluxo através de um amadurecendo que está todo à vapor. Antes vestindo os praianos de Ipanema e Leblon, hoje a marca preza cada vez mais por uma roupa mais refinada e por um homem low profile.

A transição fica clara na nova coleção intitulada Tempo, onde as definições cronológicas e climáticas foram o ponto de partida para criar peças em linho com um corte refinado de alfaiataria. Segundo Rodrigo Ribeiro, estilista e fundador da marca, “a Foxton entra em um novo momento. A marca hoje traz cortes e tecidos mais sofisticados mas sem deixar o conforto de lado”.

                                (Foto:  )

A marca aproveita ainda para expandir suas lojas pelo Rio de Janeiro. A loja do Rio Sul, por exemplo, migrou para um espaço maior e com os mesmos atrativos da loja do Leblon (Chopp Jobi e Design Bar). E novas lojas também estão na mira. Até o final do mês de julho, a Foxton promete novos pontos de venda no Barra Shopping e Rio Design Barra.

 (Foto:  )

“A repaginação foi além das roupas e estamos modificando o layout das lojas, que estão com uma arquitetura clean e curadoria de objetos no Design Bar. O resultado é um cenário despojado como o carioca gosta, mas sem abrir mão do clássico”, finaliza Rodrigo.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários