Gigante dos cosméticos anuncia primeira CEO mulher em 86 anos de história – Notas – Glamurama

14

Debra Perelman || Créditos: Divulgação

Novidade das grandes na Revlon: pela primeira vez em seus 86 anos de história, a gigante americana dos cosméticos acaba de nomear uma CEO mulher. A escolhida foi Debra Perelman, herdeira do maior acionista e presidente do conselho da empresa, Ronald Perelman. Aos 44 anos, ela assume o comando de um negócio com receitas anuais na casa dos US$ 2,7 bilhões (R$ 9,9 bilhões) e quase 6 mil funcionários ao redor do mundo que passa por um de seus piores momentos financeiros.

Em uma entrevista para a revista “Fast Company”, a executiva falou sobre o desafio e minimizou o fato de ser a filha do dono. “Eu tenho um grande conhecimento sobre essa indústria e sobre o nosso modelo de gestão, e sei o que precisa ser feito a partir de agora”, disse. Sem um comandante desde o começo do ano, quando Fabian Garcia deixou o cargo de CEO sem conseguir dobras as receitas como havia prometido dois anos antes, a Revlon teve um prejuízo de US$ 61,7 milhões (R$ 225,6 milhões) no primeiro trimestre.

Pai de outros sete filhos e casado cinco vezes (inclusive com a atriz Ellen Berkin, entre 2000 e 2006), Perelman é conhecido por ser bastante rígido, resultado da infância que teve em salas de reuniões na companhia do pai e também empresário Raymond Perelman, e em 1995 até cogitou deserdar o primogênito, Josh, só porque ele não quis se casar com uma mulher de sua escolha. Ele é dono de uma fortuna estimada em US$ 10,2 bilhões (R$ 37,3 bilhões) e, aos 75 anos, continua mais na ativa do que nunca. (Por Anderson Antunes)0

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários