Glamurama >> Sucesso de Kaia Gerber nas passarelas indica a volta do padrão de beleza dos anos 1990? Aos fatos – Moda – Glamurama

31

Cindy Crawford na passarela da Chanel em 1993, aos 27 anos, e Kaia em 2017, aos 16 || Créditos: Reprodução Instagram

A temporada de primavera/verão 2018 chegou ao fim nessa semana, após uma maratona de desfiles no eixo Nova York – Londres – Milão – Paris. E entre os destaques da “saison” está Kaia Gerber, filha de Cindy Crawford e Rande Gerber, que mostrou a que veio já em sua estreia. No começo deste ano, Kendall Jenner brincou em entrevista à revista “Love” sobre Kaia: “Estamos tentando conseguir o maior número possível de trabalhos antes que ela chegue à cena.” Ela estava certa.

Com apenas 16 anos, Kaia impressiona pela semelhança com a mãe, desde o jeito de andar até a aparência física. Sabe aquela coisa “filho de peixe…”? Mas há quem diga que Kaia não seria uma escolha óbvia se não fosse filha de quem é.

Segundo o diretor de casting James Scully em entrevista ao portal “WWD”: “Nosso negócio não é tão aberto a meninas tão bonitas – e ela é muito bonita”. Ele diz ainda que marcas que normalmente não usariam rostos como o dela, a quiseram pela mídia. “Para ser bastante honesto, Raf [Simons] não a escalaria. Metade dos desfiles que ela fez são de marcas e pessoas que não a chamariam se ela fosse apenas uma linda garota.”

E mais do que ofuscar o trio Bella e Gigi Hadid, e Kendall Jenner, o sucesso de Kaia na última temporada pode indicar uma mudança nos padrões, com o retorno da beleza mais comercial das top models dos anos 1990 às passarelas.

Na galeria abaixo, Glamurama compara os pivôs de Kaia e de sua mãe nas passarelas.