Glamurama >> Tie-dye em versão effortless-chic é aposta para o verão na Semana de Moda de Milão – Glamurama

27

 

Vestido Salvatore Ferragamo e looks MSGM da temporada de primavera/verão 2018 || Créditos: Reprodução

A psicodelia do tie-dye, uma das bases do estilo libertário dos jovens hippies dos anos 60 e 70, caiu no esquecimento nos anos 1980 para voltar com tudo nos anos 90, se tornando obsessão das adolescentes quando passou a ser produzido em massa pelas grandes redes de varejo. E a técnica de tingimento caiu de novo nas graças de estilistas nesta temporada de moda de primavera/verão 2018 de Milão, que chegou ao fim nessa segunda-feira.

Ele deu o tom de uma temporada marcada pelo uso das técnicas artesanais. Entre as marcas que apostaram nesta onda estão Salvatore Ferragamo, Marco de Vincenzo, MSGM e Stella Jean. Às interessadas em aderir à tendência, vale apostar em produção mais relaxada e com tecidos mais sofisticados como seda, como propõe MSGM e Salvatore Ferragamo. Para não criar um visual too much Janis Joplin, evite combiná-lo a outros ícones do movimento hippie, como óculos arredondados e franjas. Na galeria abaixo, looks interessantes para copiar já.