Gucci adota o carbon neutral em suas operações – GQ

32

(Foto: Divulgação)

A Gucci anunciou nessa quinta-feira (12) que adotou a neutralidade em carbono em suas operações. Trata-se de um grande passo para a marca, que lança mão de quatro projetos REDD+ para compensar todas as emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) anualmente – tanto em suas próprias operações quanto em toda a cadeia de suprimentos.

“Uma nova era de responsabilidade corporativa é chegada e precisamos ser diligentes em todas as etapas para mitigar nossos impactos, incluindo a transparência e a responsabilidade por nossas emissões de GEE em nossas cadeias de suprimentos”, disse Marco Bizzarri, Presidente e CEO da Gucci.


Marco Bizzarri (Foto: Petra COlling)

Mais que reduzir o impacto de sua própria produção, a Gucci mira nas emissões de GEE resultantes de atividades comerciais, principalmente na cadeia de suprimentos. Dentre as iniciativas adotadas, estão o aumento do uso de energia renovável nas operações, lojas, escritórios e depósitos da Gucci dos atuais 70% para 100% até 2020; e aumentar as abordagens em torno da circularidade, incluindo o upcycling do descarte de couro e têxtil gerado durante a fabricação.

“A decisão de compensar totalmente suas emissões de GEE é um reflexo do compromisso de longo prazo da marca com a sustentabilidade e seu desejo de incentivar uma abordagem mais progressiva da neutralidade do carbono”, diz o comunicado.


Gucci agora é carbon neutral (Foto: Divulgação)

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários