Guia prático para acompanhar a festa de Iemanjá – GQ

17

O ano de 2019 já está com seu primeiro mês completo, mas isso não significa que ainda não dê tempo de você começar com o pé direito. Anualmente, Salvador comemora a lendária festa de Iemanjá, Mãe das Águas, no dia 2 de fevereiro, no bairro do Rio Vermelho.

+ Grupo Fasano inaugura hotel em Salvador
+ A academia para mulheres e crianças de Kyra Gracie e Malvino Salvador
+ 10 destinos que os brasileiros começaram o ano buscando

A celebração de origem baiana e que faz parte do calendário afro-brasileiro teve início em 1923 (há 96 anos atrás!) pois, segundo histórias, a pesca estavam com baixo rendimento e um grupo de pescadores resolveu oferecer presentes à Iemanjá. Conta-se que a oferenda deu resultado e os peixes voltaram a aparecer. Desde então, inúmeros devotos oferecem presentes à Janaína, Iara, Sereia do Mar, Rainha do Mar entre outros nomes. Inúmeros devotos do candomblé, da umbanda e do catolicismo sem unem por um só sentimento: o amor por Iemanjá.

Cartaz Festa de Iemanjá (Foto: Reprodução/ Instagram)

Mas como montar a oferenda? Onde escutar uma boa música, dançar e comemorar esse dia tão especial? Abaixo, montamos um guia prático para você ficar por dentro e acompanhar esse momento ímpar de Salvador:

Pente, maquiagem, garrafas de plástico e barco de isopor. Todos esses itens são muito comuns na montagem da oferenda, mas nenhum deles são biodegradáveis. Você acha que Iemanjá curtiria poluição em sua casa? Então, lembre-se de incluir elementos de materiais naturais e sustentáveis. Leve também rosas brancas (Iemanjá não aceita flores de outra cor), algumas gotas de perfume de alfazema e uma vela azul claro. Lembre-se de deixar apenas as pétalas. Descarte o cabo e os espinhos, okay?

Se você quiser oferecer um belo banquete, coloque arroz cuzido, manjar feito com amiduo de milho, peixe preparado com cebola e azeite, milho branco cozido com azeite de dendê, feijão branco cozido. Se quiser colocar frutas, ofereça melancia, obi, uvas brancas, pera, sapoti, nêspera, manga e jenipapo. Vale também escrever seus pedidos para a Mãe dos Mares em um papel (reciclável, hein!) e enviar à ela junto da oferenda.

Você pode entregar a sua oferenda pessoalmente, deixando-a na orla da praia, ou deixá-la na Casa do Peso, na Colônia de Pescadores, onde são distribuídos em diversos balaios. Os presentes podem ser deixados até 15h30, pois, a partir das 16h, pescadores dão início à procissão marítima.

A FESTA E A COMEMORAÇÃO NA RUA

O cortejo, que começa por volta de meia noite do dia 2, é emocionante ao som de batuques e fogos de artifício. É considerada a maior manifestação religiosa pública do candomblé no estado da Bahia e reúne cerca de 200 mil pessoas, entre moradores e turistas. As oferendas (em barquinhos ou balaios) são levadas por cerca de 300 embarcações, com o saveiro e a oferenda dos pescadores sempre a frente. Os presentes são deixados a aproximadamente 6 km da costa, em um ponto chamado Buraquinho de Iaiá.

Além da celebração no mar, a festa se estende por toda a madrugada até o fim da noite no dia 2 de fevereiro. Abaixo, você confere a lista de festas que terão pela rua do bairro Rio Vermelho e também pode ficar ligado no Instagram Lalá, onde contém a programação completa do Festival Oferendas 2019.

1/2 – SEXTA-FEIRA
22h – Luedji e Malê, no Red depósito bar
22h – Duobavi, no Mercadaocc
23h – Márcio Mello, no Lebowiski/Saint clair
23h – Cortejo de maracatu
0h10 – Preamar e DJ Mozáum, no Lalá
0h30 – Hiran, Illy e JRMC, no Lalá
​1h30 – Patricktor4, no Lalá
2h – Marcia Castro, Romero Ferro e mariana Aydar, no Lalá

2/2 – SÁBADO
6h – Performance Lavagem, no Lalá
11h – bloquinho e fanfarra, na praça de cima e na praia
12h – DJ catarina, no Lalá
12h – BNegão e Cia, no Bombar Ministério
12h – Superterno e outros, no Lebowiski/saintclair
12h40 – DJ El Cabong e Camilo Fróes, no Lalá
13h – Microtrio e DJ, no Tropos
13h40 – Rodrigo Bento, no Lalá
14h20 – Riffs, no Lalá
15h – Josyara, Bárbara Eugênia, Júlia Branco, Anaîs Sylla, Giovani Cideira, Luê e Benke Ferraz, no Lalá
16h30 – Ubunto, no Lalá
17h20 – Tutu Moraes, no Lalá
18h – Alice Caymmi, no Lalá
19h30 – DJ Jerônimo Sodré, DJ Grace Kelly e Mário Soares, no Lalá

Roteiro de horários do Festival Oferendas no Lalá (Foto: Reprodução/ Instagram)

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários