Impacto ambiental: carnívoros e vegetarianos precisam se tornar veganos? – GQ

7

Na série sobre impacto ambiental, trazemos a verdade por trás de alguns dos pequenos esforços que nós, como indivíduos, podemos fazer para um impacto ambiental realmente positivo e inteligente. Confira a terceira parte:

Você deveria trocar o leite de vaca pelo leite de soja?
Alternativas vegetais ao consumo de leite estão ficando mais populares e representam um estilo de vida muito fácil. Elas são melhores para o meio ambiente? Em suma: sim. O gado leiteiro ocupa muito espaço, utiliza muita água e recursos e produz emissões que contribuem para as mudanças climáticas. “Isso definitivamente contribui para reduzir as emissões de gases de efeito estufa”, diz Annika Carlsson Kanyama, que trabalha em estudos de sustentabilidade no Instituto Real de Tecnologia, KTH, em Estocolmo. Ela também sugere mudar para o queijo não lácteo, já que o convencional utiliza muito leite na sua produção.

Atualmente, a maioria dos supermercados oferece bebidas lácteas com soja e amêndoas, mas também aveia, arroz, cânhamo e outras opções. Qual delas você deve escolher? As amêndoas, por exemplo, usam muita água, enquanto a soja tem contribuído para o desmatamento da Amazônia, resultando em uma perda de biodiversidade e em emissões nocivas. “O principal problema da soja é se ela é cultivada em uma terra recentemente florestada, como no Brasil”, diz Carlsson Kanyama. “Se for cultivada nessas terras, pode haver grandes emissões de dióxido de carbono, porque muito carbono no solo é oxidado.” Então, se você comprar leite de soja, Carlsson Kanyama sugere que verifique de onde ele vem.

Hanna Tuomisto, professora associada de sistemas alimentares sustentáveis da Universidade de Helsinque, diz que outra coisa a se considerar é a distância que os ingredientes e os produtos precisam percorrer para chegar até você – pois o transporte também contribui para as emissões. “Na Europa,  realmente recomendo usar leite de aveia como uma alternativa”, comenta.

Carnívoros e vegetarianos precisam se tornar veganos?
Sim. “Isso economiza energia, terra, água, uso de antibióticos”, diz Carlsson Kanyama. Um estudo publicado na revista Science deste ano descobriu que uma dieta feita com vegetais causa menos impacto ambiental do que a feita com carne ou laticínios. “É provavelmente a melhor maneira de reduzir seu impacto no planeta Terra, não apenas nos gases de efeito estufa, mas na acidificação global, eutrofização, uso da terra e da água”, diz Joseph Poore, autor principal do estudo da Universidade de Oxford, ao jornal The Guardian.

Se cortar carne e laticínios parece uma grande mudança em um estilo de vida, Carlsson Kanyama sugere uma dieta semivegetariana (reduzir seu consumo de carne e produtos lácteos, em vez de eliminá-lo completamente). “É uma maneira muito responsável de lidar com seus hábitos alimentares”, acredita. Ela também pode incluir alguns peixes (dependendo de como é capturado, pode ter um baixo impacto ambiental). “Quando os peixes são abundantes e é fácil capturá-los, você não precisa usar muito combustível”, explica. “O peixe é diferente da carne, pois é mais eficiente alimentá-lo. Você não precisa de muitos quilos de ração.”

+ Impacto ambiental: vale trocar sacolas plásticas por similares de lona ou algodão?

+ Impacto ambiental: qual é o problema real com a reciclagem doméstica?

+ Ofertas Amazon: Livros com descontos relâmpagos

E, novamente, reduzir o desperdício é a principal ação individual ecologicamente responsável. “Reduzir o desperdício de alimentos é, na verdade, uma das maiores ações que você pode fazer pelo meio ambiente, porque cerca de um terço da comida que as pessoas compram é desperdiçada”, diz Tuomisto. A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura relata que 1,3 bilhão de toneladas de alimentos produzidos para consumo humano são jogadas fora todo o ano. Produzir alimentos que não são usados é claramente drenar o meio ambiente. Para ajudar a resolver esse problema, você pode organizar sua lista de compras e escolher apenas o que precisa. Não compre uma grande sacola de produtos se você for comer apenas um pouco e cozinhe-os antes que eles estraguem para que você ainda possa consumi-los.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários