Inclusão pela moda: a periferia high tech de Alex Santos – GQ

10

Tecnologia, a responsabilidade social e a preocupação com o planeta viram ferramentas de negócio de empreendedores e coletivos. Neste shooting especial para a edição de setembro da GQ Brasil, os realizadores high tech vestem Prada, a label que olha para o futuro com ar irreverente.


Alex Santos @projetopim (Foto: Christian Maldonado)

Alex Santos – Periferia Inventando Moda

@projetopim

Idealizador do projeto Periferia Inventando Moda, o estilista e diretor artístico, em parceria com o psicólogo e produtor cultural, Nil Mariano, viu em Paraisópolis (SP) a necessidade de um trabalho de inclusão social que sensibilizasse a comunidade quanto às novas formas de aprendizagem e profissionalização. Utilizando a moda como elemento principal, Alex vai além da produção.

“O PIM enquanto movimento mostra a cultura de moda urbana periférica”, explica. Ele também reforça que a iniciativa permite novas maneiras de ensino e aprendizagem, além de empreender “barateando processos, fazendo parcerias e vendendo nas redes sociais” sem deixar de ser resistência dentro do mercado.

Veja abaixo algumas ações do coletivo:

.

.

.

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários