Jeff Bezos emplaca como o americano mais rico em ano recorde para bilionários – GQ

4

Jeff Bezos é agora oficialmente o homem mais rico dos EUA, aponta a mais recente edição da lista dos 400 americanos mais endinheirados publicada pela Forbes nesta quarta-feira (03). É a primeira vez na história da lista que Bezos assume a posição de Bill Gates, dando fim aos 24 que o empresário se manteve no topo do topo: o CEO da Amazon tem riqueza avaliada em US$160 bilhões; o ex-Microsoft, por outro lado, agora aparece em segundo com US$ 63 bilhões. 

Peraí, você também está sentindo um certo dejà vu? Normal. Jeff Bezos já havia ultrapassado Bill Gates como o homem mais rico do mundo em julho do ano passado, mas na época a corrida era mais acirrada, e a natureza meio volátil destas riquezas significou que, coisa de três meses depois, o valor de Bezos caíra de US$ 90,6 bilhões para US$81.5 bilhões, perdendo a posição de liderança a tempo da lista de 400 americanos mais ricos do ano passado.

Considere também que o valor da Amazon cresce veloz, inclusive a ponto de ter alcançado o primeiro trilhão em market share em setembro. Como resultado, a riqueza de Bezos também foi a que cresceu mais rápido este ano – um aumento na ordem de US$ 78,5 bilhões que também coloca o empresário como o primeiro americano a ter uma riqueza maior que 100 bi de dólares.

+ Indústria lunar; saiba a quantas anda o projeto espacial de Jeff Bezos
+ Novo aparelho da Amazon é um sistema para casas inteligentes e conexões péssimas

Este ano marca mais um recorde (feliz ou não): devido à boa saúde do mercado de ações, o grupo dos mais ricos da América está 7% mais endinheirado do que no ano passado. O montante total cresceu em US$2,9 trilhões ano a ano, enquanto cada ricaço ficou em média 500 milhões de dólares mais afortunado (de US$ 6,7 bi a 7,2 bi neste ano).

Novo na edição da lista em 2018 é um ranking filantrópico que enumera cada paricipante com notas de 1 a 5. E neste sentido, Jeff Bezos corre na retaguarda. Notável por ser reticente a respeito de suas ações de impacto social, o bilionário aparece com uma nota 2 – inflada possivelmente por sua recente contribuição a iniciativas de edução pré-escolar e um programa de apoio aos sem-tetos. Bill Gates, Warren Buffett e Mark Zuckerberg aparecem em destaque com notas 5 e até uma estrelinha – que premia investidores de imapcto.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários