Jimmy Fallon revela como até o conteúdo do seu telefone mudou após a paternidade – GQ

18

Jimmy Fallon parece ser um pai tão divertido que até eu queria ser filho dele. Prova disso foi o que ele fez durante uma roda de perguntas e respostas que realizou com pais e filhos, em Nova York,  para celebrar o seu segundo livro infantil, Everything Is MAMA. Ele respondeu perguntas dos adultos e crianças, fez uma roda de dança com os pequenos e falou como a paternidade mudou sua vida.

“Eu e minha esposa sempre nos demos bem juntos, mas sempre quisemos uma criança”, contou o apresentador do Tonight Show. “Nós tivemos dificuldade em ter filhos, tentamos por muito tempo – provavelmente por cinco anos. Mas agora tivemos a sorte de ter duas garotas lindas, uma de 4 e outra de 2 anos, e todo dia é algo novo, algo divertido”, completou.

Marido da produtora Nancy Juvonen e pai das meninas Winnie e Frances, Fallon ainda disse que após se tornar pai, nada mais realmente importa e que tudo o que há são suas crianças. Até o conteúdo do seu telefone mudou.

“Todas as fotos eram pôr do sol ou comidinhas. Agora são as crianças fazendo coisas. Eu sou o cara que chateia você com histórias sobre filhos, agora eu tenho histórias chatas que acho legais”, disse o pai, que também é autor do livro infantil Your Baby’s First Word Will Be DADA.

Quando questionado sobre o momento paterno mais embaraçoso, Fallon admitiu que há muitos. “Eu abro coisas com os dentes, sabe? Fora quando dou uma de ‘Sr. Mamãe’ e acabo colocando a fralda errada…é um desastre”, revela o apresentador, que encerrou o evento dançando com a criançada ao som de Can’t Stop the Feeling, sucesso de seu “parça” Justin Timberlake.

Talvez ele tenha mudado o jeito de se vestir, mas com certeza o apresentador passou a gostar ainda mais dessa versão de Enter Sandman com instrumentos de brinquedo.

Fonte Oficial: http://gq.globo.com/Paternidade/noticia/2017/10/jimmy-fallon-revela-como-ate-o-conteudo-do-seu-telefone-mudou-apos-paternidade.html.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários