Joaquin Phoenix revela a sua inspiração para a risada do Coringa – GQ

15

Joaquin Phoenix como Coringa (Foto: reprodução/instagram)

Desde que o Coringa surgiu nos quadrinhos, a sua característica mais marcante sempre foi a mesma: a gargalhada. Para encarnar o vilão em um filme exclusivo do personagem, Joaquin Phoenix buscou referências nada usuais para construir a sua própria risada.

“Eu comecei com a gargalhada. Eu assisti a vídeos de pessoas que sofriam de gargalhada patológica, um distúrbio neurológico que faz as pessoas rirem incontrolavelmente”, comentou o ator em entrevista à revista italiana La Repubblica.

Trailer do novo filme do Coringa (Foto: reprodução)

A risada patológica, também conhecida como afeto pseudobulbar ou labilidade emocional, é uma doença que afeta o sistema nervoso, responsável pelas nossas emoções, como riso e choro. 

São várias as possíveis causas da doença: traumatismo craniano, tumor no cérebro e até doenças neurodegenerativas, como Alzheimer e Parkinson. Phoenix se referiu à doença apenas como inspiração, não informando se o distúrbio será citado na obra. 

Protagonizado por Joaquin Phoenix e direção de Todd Phillips, Coringa terá também no elenco Robert De Niro e Bradley Cooper como um dos produtores. O longa deve estrear no Brasil em 3 de outubro deste ano.

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários