Kylie Jenner pode se tornar a mais jovem bilionária self-made do mundo – GQ

13

Kylie Jenner está fazendo história: a empreendedora, que completa 21 anos de idade em agosto, pode estar a caminho de se tornar a bilionária mais jovem de todos os tempos, superando o CEO do Facebook Mark Zuckerberg (que alcançou seu primeiro bilhão aos 23 anos) e potencialmente Evan Spiegel, fundador do Snap Inc. e bilionário pouco depois de seus 20 anos.

Kylie é capa da Forbes e, segundo a publicação, comanda um império cujo valor calculado já encosta nos US$ 900 milhões (algo como R$ 3,4 bilhões). O cálculo considera a Kylie Cosmetics, empresa fundada pela jovem empreendedora há dois anos e que já abraça produtos que vão de batons a sombras, atualmente avaliada em US$ 800 milhões (em média R$ 3 bilhões). Mas também soma contratos publicitários com marcas como a Puma e a marca de roupas californiana PacSun e rendimentos em dividendos.

 (Foto:  )

Assim como muitos dos ricaços pelo mundo, seus negócios dialogam fundo com tecnologia. No caso da Kylie, isso se resume a uma presença massiva na televisão desde os 9 anos no  reality show da família Keeping Up With The Kardashians, no Instagram e no Snapchat.

No caso do Insta, Kylie tem em mãos um colosso midiático de 110 milhões de seguidores, por onde divulga produtos e linhas de sua empresa quase de hora em hora. A atividade contrasta com a natureza minimalista de sua empresa: são apenas sete funcionários em tempo integral e outros cinco em meio período; tarefas como distribuição, vendas e relações públicas, por exemplo, são terceirizadas.

Kylie Jenner estampa a única capa “jovem” da publicação este ano. Mas não a única a dar destaque a mulheres: em 2018, ela se junta ao coletivo All Raise, interessado em ingressar talentos femininos na próxima geração de fundadores do Vale do Silício, como algumas das líderes mais relevantes do ano no mundo dos negócios.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários