Lady Gaga estreia com Cooper em Veneza: “Nunca quis ser sexy. Queria ser como sou” – GQ

8

Nem cantora, nem atriz. Nesta sexta (31) Lady Gaga foi apresentada no Festival de Veneza, durante a coletiva de imprensa do filme Nasce Uma Estrela (A Star is Born), de Bradley Cooper, apenas como Lady Gaga. E isso realmente basta: quando ela entrou na sala lotada de jornalistas do mundo inteiro, o reconhecimento pela sua estreia na telona foi imediato. Muito aplaudida, Gaga foi o centro das atenções e falou com orgulho de seu primeiro filme como atriz.

“Bradley Cooper é um visionário. Agradeço a ele por realizar o meu sonho de ser atriz. Ele acreditou em mim e isso me fez vencer o desafio. E o filme é uma história linda, que vai comover todo mundo”, disse, ganhando um afago de Cooper, que estreia como diretor.

Esta é a quarta versão de Nasce Uma Estrela, sendo que em duas delas famosas atrizes-cantoras intepretaram a jovem estrela do título. E essas atrizes foram ninguém menos que Judy Garland e Barbra Streisand. Diante de tanta responsabilidade, Gaga contou que foi buscar inspiração em suas próprias raízes. “No início da minha carreira, em diversos momentos, eu não era a mulher mais bonita do local, mas sabia que fazia minhas próprias canções. Tive que ser muito forte, porque queriam sempre mudar algo em mim. Mas eu nunca quis ser sexy como outras mulheres. Eu queria ser como sou, como artista e como mulher”, desabafou.

VENICE, ITALY - AUGUST 31:  Bradley Cooper and Lady Gaga walk the red carpet ahead of the 'A Star Is Born' screening during the 75th Venice Film Festival at Sala Grande on August 31, 2018 in Venice, Italy.  (Photo by Andreas Rentz/Getty Images) (Foto: Getty Images)

Em Nasce uma Estrela, Gaga interpreta Ally, aspirante a cantora que tem dificuldades de aceitar sua imagem (ela se acha feia e expressa isso constantemente). A moça, seu jeito particular e sua voz, chamam a atenção de Jack (Bradley Cooper), um cantor no auge da fama. O romance, que começa fulminante, caminha para um perigoso depois que ela se torna uma estrela e ele declina para as drogas e o álcool. A química entre Bradley e Gaga salta aos olhos, tanto que o diretor comentou na coletiva.”Ela confiou em mim como diretor e eu confiei nela como atriz. E isso foi muito importante em nossas cenas”, disse.

Apesar disso, Lady Gaga admitiu ter ficado com medo de aparecer nua na tela. “A nudez me fez sentir vulnerável, e era o que mais temia. Mas Bradley me ajudou. Ele tinha uma preocupaçao com tudo no set, estava sempre atento, e me deu segurança”.

+Com Ryan Gosling, “O Primeiro Homem” decepciona no Festival de Veneza

Nasce uma Estrela (Foto: Reprodução/ YouTube)

Lady Gaga sem maquiagem

Mas não foi só a bela voz que Lady Gaga mostrou no filme: sua versão descontruída, de cara lavada, surpreende. “Desde que comecei eu gostava de me transformar. Bradley Cooper me quis ao natural, sem maquiagem”, contou.

O longa tem duetos de Gaga e Cooper, que surpreende como cantor. “A gente cantou junto na hora da filmagem. Ela me fez sentir imediatamente confortável, mesmo sendo uma superstar internacional. Ela é abolutamente a razão pela qual estamos sentados aqui hoje”, disse o ator apontando para Lady Gaga, que estava visivelmente emocionada.

Desde a noite de ontem, uma multidão esperava por Lady Gaga na frente do Palazzo del Cinema, onde a première mundial de Nasce uma Estrela aconteceu, nesta sexta. Mas, por causa da chuva que caiu hoje no Lido de Veneza, o público se dispersou. Ainda assim, muita gente aguardou a passagem de Lady Gaga, que não decepcionou e atendeu aos fãs antes de entrar para se assitir, pela primeira vez, na tela do cinema. Como disse mais cedo na coletiva: “A experiência será memorável”. E com certeza foi.

Nasce uma Estrela estreia no Brasil no dia  11 de outubro.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários