Lisa Simpson é a mais nova todo-poderosa da The Walt Disney Company. Aos detalhes! – Notas – Glamurama

11

As duas Lisas Simpsons: a de carne e osso (à esquerda) e a dos desenhos || Créditos: Reprodução

A mulher mais poderosa da The Walt Disney Company tem o mesmo nome de uma das personagens de desenhos de animação mais famosas de todos os tempos: a executiva em questão chama Lisa Simpson, que acaba de ser alçada ao posto de chefe do departamento de talentos do Fox Entertainment Group, o conglomerado que inclui os canais Fox e os estúdios 20th Century Fox e se tornou um dos principais braços da maior empresa de mídia do mundo desde que foi comprado por esta, em 2017.

Já a Lisa da ficção, é claro, é a filha mais velha e “CDF” de Homer Simpson, que fez sua estreia em 1989 em “Os Simpsons” e justamente na Fox, e logo se tornou uma das membros da família mais maluca da telinha favoritas dos fãs da atração. Lisa – a de carne e osso – terá como tarefa coordenar um time de peso que está constantemente em busca de novos profissionais capazes de criar conteúdo de entretenimento tão duradouro e rentável quanto tem sido a decana série.

E como alguém que, por motivos óbvios, terá que lidar com o ego das pessoas ao mesmo tempo em que será cortejada de todas as formas imagináveis, ela ainda não ouviu muitas piadinhas a respeito de seu nome, apesar de que o primeiro a abordar a coincidência foi justamente o superior direto dela, Robert Iger, CEO da The Walt Disney Company desde 2005. “A Lisa [de “Os Simpsons”] é um gênio, e esperamos que você siga o exemplo dela”, teria brincado o bambambã. (Por Anderson Antunes)

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários