Marco Luque fala sobre o que, para ele, é seu principal personagem: o pai – GQ

4

Marco Luque dá vida a diversos personagens. Mas há um deles que é o mais importante: o pai. Para o humorista, a paternidade foi a melhor coisa que aconteceu em sua vida.

“Meu amor, minhas responsabilidades, sonhos, preocupações, metas, tudo mudou. Hoje sou uma outra pessoa e só agradeço pelos dois presentes que recebi. Minhas duas filhas são tudo para mim”, disse Luque.

+O que Samuel Rosa aprendeu com o filho músico Juliano Alvarenga?
+Malvino Salvador: “Antes era focado em meus sonhos, hoje me preocupo com o que posso dar às minhas filhas”
+Saiba por que a presença dos filhos dos jogadores nos treinos da seleção foi uma boa

O humorista revela que busca ser alguém melhor para suas pequenas, Isadora (7) e Mel (5), e luta com elas por um mundo melhor e mais justo. “Ensino as meninas sobre os valores humanos, que são fundamentais, e fomento a força e vontade de ajudar o próximo, de ajudar a sociedade”, conta Luque. “Elas são muito novas ainda, mas acredito que é importante desde cedo termos esse diálogo com nossos filhos”, acrescenta.

O onipresente artista salienta ainda que procura sempre enaltecer os valores humanos, sociais e éticos para suas meninas. Além de ensinar à elas sobre respeito, amor ao próximo, solidariedade, honestidade, altruísmo. “É imprescindível que hoje nós, enquanto pais, tenhamos preocupação com o indivíduo que estamos criando para o mundo. É nosso dever social, ainda mais na época em que vivemos, com tanta promoção de ódio, ofensas, desrespeito e preconceito”, diz o ator.

Marco Luque encerrou no último dia oito a temporada em São Paulo de seu primeiro musical, “Os Produtores”, ao lado de Miguel Falabella e Danielle Winits. Além disso, tem seu quadro fixo no Altas Horas, com a ajuda dos personagens Mustafary, Jackson Five, Ed Nerd, Silas Simplesmente, Mary Help e outros.

 (Foto:  )

Ele ainda estreou em junho o longa “Talvez uma história de amor” e já estava filmando outro trabalho para as telonas, “O Homem Perfeito”, de Marcus Baldini, filme que chega aos cinemas em setembro. No mais, ele está com vários projetos esse ano. Depois do sucesso de Nerso da Capitinga, Luque volta à nova temporada da Escolinha do Professor Raimundo para viver Patropi. Cansou só de ler a agenda do humorista? Eu também, mas mesmo diante de tantos compromissos, ele sempre procura dedicar um tempo para suas filhas para fazer sabe o que? Arte.

“Adoro estar com elas, seja levando para a escola, em casa, ajudando nos deveres ou simplesmente desenhando. Sim, amamos desenhar! É um hobbie que temos e nos divertimos muito. Na minha produtora, inclusive, temos uma parede só delas, para desenhos e artes em geral”, revela Marco. “Gosto também de fazer as refeições junto com as duas, é importante incentivar o diálogo durante esses momentos. Fazemos tudo juntos. Sempre rezamos antes de dormir e cada um faz sua oração de agradecimento do dia”, completa.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários