Melania Trump é criticada por usar acessório ligado ao colonialismo em viagem pela África – Moda – Glamurama

6

Melania Trump usando capacete ligado ao colonialismo em safári pelo Quênia || Créditos: Reprodução Instagram

Melania Trump voltou a “causar” com suas escolhas fashion. Durante viagem para a África, a primeira dama dos Estados Unidos foi criticada por usar um determinado tipo de capacete durante safári no Quênia. A escolha não caiu bem, já que o acessório tem ligação com o colonialismo no continente – costumava ser usado por militares dos exércitos de países como a Inglaterra, a França e a Espanha. A escolha dividiu opiniões na web, já que alguns consideraram um símbolo de uma visão ultrapassada do continente.

Melania rebateu imediatamente os comentários, salientando em entrevista à TV que seu guarda-roupa não deveria ser o foco das atenções. “Vocês sabem, acabamos de completar uma viagem incrível, fomos para Gana, Malauí, Quênia, e agora estamos no Egito. Eu quero falar sobre a minha passagem por aqui e não sobre o que tenho vestido. É muito importante o que eu faço com minhas iniciativas. Gostaria que as pessoas se concentrassem nisso e não no que eu uso”. (assista abaixo).

Esse tipo de polêmica não é nova na vida dela. Outro momento em que a primeira-dama dos Estados Unidos deu o que falar por uma escolha de moda foi em junho, quando vestiu uma jaqueta com a frase “I really don’t care, do U?” (“Eu realmente não me importo, e você?”) estampada nas costas para visitar um dos centros que abrigam filhos de imigrantes ilegais separados dos pais, no Texas.

Abaixo, cliques dos demais looks usados por Melania Trump durante a viagem.