Melania Trump escolhe vestido militar Burberry de R$ 8 mil para o ‘State of The Union’ e gera polêmica. Mais uma! – Moda – Glamurama

9

Melania Trump no State of the Union || Créditos: Getty Images

Os looks de Melania Trump podem ser acidentais, mas sempre geram bafafá. Seja por ela escolher um acessório que tenha ligação com o colonialismo ou pela polêmica mensagem em uma jaqueta, a primeira-dama leva seus compromissos a sério e planeja seu closet com a ajuda do stylist Hervé Pierre. Em sua segunda participação no ‘State of The Union’, evento anual em que o presidente dos EUA discursa no congresso sobre a economia, saúde, educação, militarismo, impostos, segurança do país, que aconteceu na noite dessa terça-feira, na Câmara dos Deputados, ela apareceu com um vestido militar da Burberry, que foi novamente contestado. A turma que adora uma teoria da conspiração e os inimigos de Theresa May, primeira-ministra do Reino Unido, não precisaram de muito para associar a escolha de Melania com a marca britânica.

Diante dos questionamentos, o stylist tratou logo de explicar o ocorrido: “Desde que eu encontre a roupa certa, a marca é quase irrelevante. Nesse caso, é Burberry, mas poderia ter sido qualquer outra. Não tem nada a ver com a Inglaterra ou o Brexit. Se eu tivesse que pensar em todas essas coisas quando olho para roupas, perderia a cabeça ”, disse ele. “As mídias sociais vão falar sobre o Brexit ou o que for. Eles têm que fazer sua própria versão disso. Do meu lado, acredite, não penso nisso. Não tenho tempo.”

O look militar preto da Burberry é bem ajustado e elegante, e isso foi o que levou à escolha da peça. “É uma roupa muito forte e vai direto ao ponto. Não há espaço para algo fofo. Não é o momento em que estamos vivendo ”, disse Pierre. “Acho Melania uma mulher ousada, mas tem que estar certa. Não é uma fantasia”. As luvas de couro preto que completam o visual são ‘muito apropriadas, por conta do frio da estação’, completou ele, que comprou o vestido em uma loja da marca, em Nova York.

Entretanto, um outro detalhe gerou burburinho em torno da peça. Várias parlamentares do sexo feminino usaram branco na ocasião como um aceno ao movimento sufragista, marcado pela luta das mulheres pelo direito ao voto no início do século XX, incluindo a filha de Trump, Tiffany, estudante de Direito na Universidade de Georgetown. O stylist da primeira-dama tratou de botar panos quentes nessa história também dizendo que Melania já havia usado branco no ano passado, quando apostou em um terninho da Dior, e não iria repetir a cor. Então tá!

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários