Michael Kors compra a Versace por R$ 8,9 bi e anuncia novos planos para a grife italiana – Notas – Glamurama

6

Donatella Versace entre os executivos Jonathan Akeroyd (esquerda) e John Idol || Créditos: Divulgação

Agora é oficial: a Michael Kors Holdings Limited é a nova dona da Gianni Versace S.p.A. A compra da grife italiana fundada por Gianni Versace pela concorrente americana havia sido adiantada nesta segunda-feira pelo jornal “Corriere della Sera”, e foi finalmente confirmada na manhã desta terça-feira. Em nota à imprensa, a Michael Kors informou que pagou € 1,83 bilhão (R$ 8,91 bilhões) por meio de troca de ações pelo controle da Versace, que era dividido por Allegra Versace (50%), Santo Versace (30%) e Donatella Versace (20%), respectivamente a sobrinha, irmão e irmã de Gianni.

CEO da Michael Kors Holdings Limited, que é listada na bolsa de Nova York, John D. Idol classificou o negócio como “um marco importante” para a empresa e aproveitou para tecer elogios para a nova subsidiária. “Ao longo de mais de quarenta anos, a Versace representa o que há de mais conceituado na alta moda italiana, o que é um testemunho do patrimônio intemporal da marca. Estamos animados por tê-la como parte de nossa família de marcas de luxo e estamos comprometidos em investir em seu crescimento”, declarou o executivo.

Diretora-criativa da Versace, Donatella também aproveitou o ocasião para afirmar que o negócio vai permitir que a grife atinja seu potencial e se torne ainda mais forte. “Isso demonstra nossa fé no sucesso de longo prazo da Versace e nosso compromisso com este novo império global de moda”, disse a estilista, que junto com a filha Allegra e Santo se tornará sócia da Michael Kors Holdings Limited. Jonathan Akeroyd, CEO da Versace, deverá continuar no cargo, assim como Donatella, que a partir de agora se dedicará exclusivamente ao design de novas coleções.

Os planos de Idol para a Versace são grandes, e incluem o aumento do faturamento anual dos atuais € 600 milhões (R$ 2,92 bilhões) para € 1,8 bilhão (R$ 8,8 bilhões), além da abertura de 200 a 300 novas lojas próprias no curto prazo além de novos canais de vendas online. A Michael Kors Holdings Limited, que no ano passado já tinha comprado a Jimmy Choo por US$ 1,2 bilhão (R$ 4,96 bilhões) em dinheiro vivo, tem um valor de mercado próximo de US$ 10 bilhões e é um dos conglomerados de moda que mais crescem em todo o mundo no momento. (Por Anderson Antunes)

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários