“Minha arte nasce de uma consequência de erros”, diz Volatille Ferreira, que ganha expo em SP – GQ

7

Volatille Ferreira faz sua primeira exposição individual na Matilha Cultural, em São Paulo, a partir desta terça, 14. Autodidata, ele é um dos criadores do coletivo VOODOOHOP – e cenógrafo de festas como o Festival Encantado, no Rio, e Universo Paralelo, na Bahia. “A minha arte é muito subversiva, ela nasce de uma consequência de erros cromáticos sem esperança e de acertos perfeccionistas. Um belo acidente fatal”, diz ele.

+ Athos Bulcão, o criador dos painéis de Brasília, ganha mostra em SP

+ Felipe Chaimovich fala sobre os 70 anos do MAM

+ Retratos de Warhol e Basquiat ganham expo em NY

A mostra Ocupa Vola recebe este nome devido a percepção do criador sobre o movimento de ocupar espaços, algo que define como dinâmico e imprevisível e explosivo. “Sempre gostei da arte do pessoal concretista e abstrata. Então minha arte expressivista é o resultado desse curto circuito”, explica.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários