Nicolas Cage confessa que saiu pelo mundo em busca do Santo Graal – GQ

12

NIcolas Cage em cena da saga A Lenda do Tesouro Perdido (Foto: reprodução)

O termo “Santo Graal” costuma se referir ao cálice sagrado usado por Jesus Cristo na Última Ceia. Contudo, a lenda vem de muito antes. O primeiro registro do termo vem de 1190, quando o francês Chrétien de Troyes contou a busca por um artefato religioso poderoso no livro “O Conto do Graal”. Desde então, não faltaram pessoas caçando o dito objeto nos lugares mais longuíquos do universo. Quer um exemplo recente? O ator Nicolas Cage.

Em entrevista à New York Times Magazine, o estadunidense revelou que se inspirou em Benjamim, protagonista da saga A Lenda do Tesouro Perdido, da Disney, e passou a procurar o almejado Santo Graal em uma missão solitária pelo mundo. “Pode chamar isso de missão do Graal”, disse ele.

“Comecei a seguir a mitologia e estava encontrando propriedades que se alinhavam. Era como como ‘A Lenda do Tesouro Perdido’. Mas, claro, isso não se sustentou. Ninguém conseguia entender do que eu estava falando”, lamentou. “Uma coisa levava a outra. É como quando você constrói uma biblioteca. Você lê um livro, e nele há uma referência a outro livro, e então você compra aquele livro, e então você anexa as referências”, explicou.

NIcolas Cage em cena da saga A Lenda do Tesouro Perdido (Foto: reprodução)

Na esperança de encontrar o tesouro sagrado, o ator visitou lugares do Reino Unido e até comprou uma propriedade em Rhode Island, estado estadunidense onde as pessoas costumam procurar tesouros. “Eu não sei se vou te dizer que comprei a propriedade em Rhode Island por conta disso. Mas eu vou dizer que esse foi o motivo de eu ter ido a Rhode Island, e achei o lugar lindo”, brincou.

Preparando-se para A Lenda do Tesouro Perdido 3, ainda sem data de estreia, Nicolas Cage não encontrou nenhum tesouro na jornada. Mas pode dizer que tirou o aprendizado da aventura. “O que eu percebi é: o que é o Graal, se não a própria Terra?  O que é o Graal se não os amigos que fazemos ao longo do caminho?”, filosofou. Ninguém há de negar que o ator é a pessoa certa para o filme.

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários