No Brasil, fundadores de startups não são tão jovens – nem tão aventureiros – GQ

17

Startup (Foto: Emilio Garcia / Unsplash)

A imagem do empreendedor de 20 e poucos anos de idade que largou tudo para abrir sua própria empresa avaliada em US$ 1 bilhão é meio mágica por um motivo particular: apesar de exemplos como Bill Gates e Mark Zuckerberg existirem, esse perfil é um pouco distante da realidade, mesmo no seio de algumas das startups mais bem-sucedidas do país.

Estudo divulgado pela empresa Distrito através de seu braço de pesquisa Dataminer (via Valor), calcula que a média de idade de um empreendedor na fundação de sua startup é 30,3. No caso dos que alcançam status de ‘unicórnio’ (cujo valor de mercado bate o bilhão de dólares), a faixa etária sobe para 36,5 – a grosso modo, acima da média de um jogador de futebol pendurando as chuteiras.

+ A rede de startups que quer transformar cultura preta em dinheiro para o povo negro
+ O Brasil já conta com mais de 10 mil startups, aponta pesquisa
+ Para cofundador do Waze, criar uma startup é “como estar apaixonado”

Da mesma maneira, muitos dos que abrem sua própria empresa o fazem com boa experiência na bagagem. Todos os entrevistados são graduados e 57% deles haviam completado a pós-graduação antes de fundar sua empresa. No lado profissional, a mesma coisa: eles têm em média nove anos de atuação prévia no mercado. Por sinal, a conjunção no verbo masculino tem um motivo extra: 98% deles são homens.

A pesquisa considerou 100 fundadores de 42 das principais startups do país – um grupo que inclui 99, Stone e Creditas.

O resultado reforça pesquisa do Bureau Nacional de Pesquisa Econômica dos EUA no ano passado: segundo o levantamento, a média de idade de um empreendedor na fundação de sua empresa é de 41,9 anos. No caso dos que conseguem sucesso com startups de alto crescimento, o número sobe para 45 anos.

Por ser detalhada, baseado em um grande banco de dados administrativos, ela oferece outro fato interessante: nos EUA, a única faixa em que os empreendedores abaixo de 40 anos surgem é o de empresas que contam com investimentos de capital de risco. Em NY, por exemplo, a média é de 38 anos.

Acompanha tudo de GQ? Agora você pode ler as edições e matérias exclusivas no Globo Mais,o app com conteúdo para todos os momentos do seu dia. Baixe agora!

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários