Nutricionista de Yasmin Brunet revela os detalhes sobre a dieta vegetariana da modelo  – Notas – Glamurama

4

Yasmin Brunet é adepta da alimentação vegetariana || Créditos: Reprodução Instagram

Não dá para negar que o mercado vegano e vegetariano não para de crescer no Brasil e no mundo. Hoje, em torno de 30 milhões de brasileiros são adeptos ao estilo que exclui alimentos de origem animal do cardápio. Yasmim Brunet é uma das celebs que aderiu ao vegetarianismo e desde então cuida de sua dieta com a nutricionista Luna Azevedo, da Clínica Nutrindo Ideais, que explicou para o Glamurama alguns detalhes sobre este estilo de vida.

Dieta da Yasmin Brunet

“A Yasmim segue uma alimentação vegetariana e os ovos estão eventualmente na comida. Ela tem tendência vegana, pois se alimenta basicamente de frutas, legumes e verduras. Optamos por uma alimentação limpa. São opções como chia, snacks de cenoura com húmus, pastas, cremes, cogumelos, tofu e pasta de tofu um dos favoritos dela que procura sempre uma relação mais natural possível com a comida.”

Relato

Em seu canal no Youtube, Yasmin Brunet compartilha diariamente feedbacks sobre o estilo de vida. “Tem que ter paciência para entender que o organismo precisa de tempo para se acostumar e adaptar ao novo momento. Já me cobrei muito por estar na mídia e já comentaram que era anoréxica, que não comia. Para conseguir o importante é não se cobrar. Eu não parei de comer carne de uma vez só, fui parando aos poucos. O importante é se respeitar. Para facilitar existem cinco passos que sempre ensino para quem me pergunta: querer, se informar, ir em bons médicos e nutricionistas, força de vontade e paciência com você mesmo. Daí é só sucesso”, explica Yasmin Brunet.

Divisão

Luna explica que os vegetarianos são divididos em dois grupos: ovolactovegetariano e vegetariano restrito. O primeiro grupo não consome nenhum tipo de carne vermelha, aves, peixes e frutos do mar. Já o segundo, restringe ainda mais a alimentação, não ingerindo nenhum alimento de origem animal, como ovos, queijo e leite. Além disso existem também os veganos que não se alimentam e não consomem nada de origem animal, como roupas de couro, por exemplo. “É possível ter uma alimentação natural, orgânica e a mais limpa possível, com todos os nutrientes que nosso corpo precisa ingerindo verduras, frutas, legumes e proteínas vegetais. Quero que os meus pacientes descasquem mais alimentos e deixem de abrir embalagens dos industrializados que possuem muito sódio, açúcar e gordura”, pontua Luna.

Consciência 

Um estudo publicado na revista americana “Science” mostrou que consumir menos alimentos de origem animal é a forma mais concreta de minimizar o conflito negativo no meio ambiente já que 67% do desmatamento global está associado à atividade pecuária. “Esse estilo de vida mostra que uma alimentação limpa e baseada em proteínas vegetais pode mudar o planeta e seu futuro, pensando exatamente na sustentabilidade como um todo, no qual preservar é a melhor forma de cuidar e manter um legado para as próximas gerações”, explica a nutricionista.

Fonte oficial: Glamurama

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários