NYC quer instalar uma piscina de água natural no Rio Hudson – GQ

8

Quem mora em grandes metrópoles, como Nova York ou São Paulo, sabe que seus rios (alô, Tietê) são considerados impróprios para banho. Mas em NYC, a ideia de nadar no Hudson segue firme e forte: a cidade está aceitando propostas para uma piscina auto-filtrada entre as pontes Brooklyn e Manhattan.


Projeto da +Pool (Foto: Divulgação)

A ideia partiu da New York City Economic Development Corporation (NYCEDC), que abriu um chamado a pessoas e empresas “interessadas em desenvolver, instalar e operar uma piscina auto-filtrada localizada no East River, à beira do sul de Manhattan”.

Uma companhia, a +Pool, já saiu na frente, cmo um projeto sem fins lucrativos. Segundo o The Guardian, o conceito teria sido desenvolvido há cerca de nove anos por um grupo de artistas e arquitetos. A piscina teria o formato de cruz (ou do símbolo de adição, para ser mais preciso) e teria pouco menos de 840 m². Ela seria dividida em quatro seções diferentes, para esportes, relaxamento, raias e crianças. Dentre seus atrativos está também a possibilidade de conversão em uma piscina olímpica.

Segundo o projeto, o sistema de filtragem seria livre de cloro. A piscina sugaria a água do rio como um dreno gigante, que removeria bactérias, odores e contaminantes sem retirar seu conteúdo salino. A organização prevê que o sistema poderá limpar mais de 2.2 milhões de litros de água por dia.


Projeto da +Pool (Foto: Divulgação)

Com a proposta, a ideia é resgatar a tradição de nadar no rio, em banhos públicos comuns em NYC até o século 19.  Após a poluição do rio na década de 1930, todos foram fechados.

De acordo com Kara Meyer, diretora do +Pool, “nadar em água natural é uma experiência completamente diferente, poder fazer isso em uma cidade icônica como Nova York é transformador”.

Apesar da +Pool estar lutando por isso desde 2010, a proposta do NYCEDC é aberta a outras companhias e propostas serão aceitas até 1º de novembro.

Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.

Fonte oficial: GQ

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Sixth Sense.

Comentários